quarta-feira - 14 novembro 2018

AÇÃO SOCIAL: FAMÍLIAS SÃO CAPACITADAS PELO PROGRAMA FAMÍLIA ACOLHEDORA

AÇÃO SOCIAL: FAMÍLIAS SÃO CAPACITADAS PELO PROGRAMA FAMÍLIA ACOLHEDORA

Um ato de amor pode mudar a vida de uma criança. Este é um dos lemas que fazem parte do programa Família Acolhedora da secretaria municipal de assistência social, proteção e assuntos comunitários da prefeitura de Marabá. o objetivo é dar acolhimento à crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos, os quais foram afastados do convívio familiar temporariamente por medida de proteção.

Em Marabá três famílias já foram cadastradas e capacitadas por uma equipe da secretaria de assistência social e conselho tutelar e estão aptas a receberem as crianças que estejam neste perfil que exige o programa, por ser temporário, a criança não pode passar do período de dois anos com a família acolhedora, pois a mesma deverá ser encaminhada à sua família biológica logo que os órgãos que compõem a rede socioassistencial, composta pelo Ministério Público, Vara da Infância e Juventude, Conselho de Direito da Criança e Adolescente, Conselho Tutelar e seaspac, tão logo avaliarem que é possível novamente o convívio familiar.

De acordo com Isabel Costa Araújo, assistente social do programa, as famílias interessadas em participar do programa, podem se cadastrar no portal da prefeitura de Marabá na internet clicando no link do Família Acolhedora e preenchendo as informações solicitadas, posteriormente uma equipe irá visitar a família cadastrada.

O programa Família Acolhedora foi criado pela Lei Municipal 17809 de 21 de novembro de 2017 e implantado em março deste ano. A assistente social Isabel Costa e o psicólogo Diego Porto, integram a equipe na seaspac e trabalham em conjunto com os outros órgãos de proteção. De acordo com Isabel Costa, hoje a EAP – Espaço de Acolhimento Provisório, conta com 25 crianças que recebem atenção especial integral de assistência. O espaço é mantido pela prefeitura de Marabá e recebe crianças em situação de vítima de violência, negligência ou abandono.

Mais informações: http://familiaacolhedora.maraba.pa.gov.br

ACESSIBILIDADE
X