All for Joomla All for Webmasters

Casa da Cultura participa de reunião no Centro Nacional de Arqueologia

O arqueólogo Marlon Prado, do Núcleo de Arqueologia da Fundação Casa da Cultura de Marabá (FCCM), participou de reunião ocorrida recentemente no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em Brasília (DF). O objetivo do encontro foi esclarecer dúvidas relacionadas à aplicação da Instrução Normativa IPHAN nº 1/15, no que se refere ao componente arqueológico.

O IPHAN é uma instituição federal vinculada ao Ministério da Cultura, responsável por preservar, divulgar e fiscalizar os bens culturais brasileiros e o evento foi coordenado pelo Centro Nacional de Arqueologia (CNA).

‘’Minha participação nessa reunião foi de suma importância devido à legislação ambiental na arqueologia estar em pauta em praticamente todos os órgãos licenciados, como Ibama e Secretarias de Meio Ambiente estaduais e municipais’’, destacou Marlon, que também é engenheiro agrônomo e engenheiro de Segurança do Trabalho.

O evento teve como público-alvo arqueólogos e demais interessados no processo de licenciatura ambiental e ocorreu após três meses da publicação do instrumento normativo, prazo que a CNA julgou suficiente para consolidar as dúvidas mais recorrentes recebidas nos canais de comunicação disponibilizados ao público.

Isso ocorreu devido à preocupação com questões ambientais, de modo a diagnosticar obras impactantes de médio e grande porte como hidrelétricas, mineração, pavimentação de estradas, loteamentos urbanos, entre tantas outras.

A ideia é preservar o patrimônio natural já que o patrimônio arqueológico engloba todos os vestígios da existência humana e interessa todos os lugares onde há indícios de atividades humanas. (Ascom, com informação de Gecelha Sobreira – FCCM)

Marlon Prado 1

Marlon Prado, à esquerda, e colegas arqueólogos durante o encontro

Leave A Comment

Acessibilidade
Acessibilidade