CULTURA: PREFEITURA E ESTADO TRAZEM FEIRA DO LIVRO A MARABÁ

CULTURA: PREFEITURA E ESTADO TRAZEM FEIRA DO LIVRO A MARABÁ

No período de 26 de abril a 07 de maio, no Carajás Centro de Convenções, será promovido o “Salão do Livro Carajás”, uma extensão da Feira Pan-Amazônica do Livro, que acontece anualmente em Belém. O evento anunciado em setembro de 2017, chega a Marabá graças ao esforço conjunto Estado/município, por meio das secretarias estadual e municipal de Cultura, que nesta data (14 de março) apresentaram no Cine Marrocos o esboço do evento no município.

Além de ser um evento eminentemente cultural, o Salão do Livro, na visão do secretário municipal de Indústria, Comércio, Mineração e Turismo, Ricardo Pugliese, também marca ponto no turismo, considerando a convergência da população de cidades vizinhas para Marabá no citado período.
Ana Catarina Brito, diretora de Cultura da Secult/PA, responsável pela organização da Feira do Livro em nível estadual, afirma que se trata de um antigo anseio trazer essa feira para Marabá. Aliás retorná-la ao município e que, pela força do propósito, acredita ela venha para ficar, ou seja, ser reedita a cada ano a partir de agora.

O secretário municipal de Educação, Luciano Dias, ao frisar a importância do evento e a integração Estado/município para promovê-lo, lembrou que o seu primeiro livro foi adquirido justamente numa das edições da Feira do Livro, em Marabá, que já não acontece há muitos anos. Anunciou que será liberado um bônus de mais de R$ 300 mil aos professores para que invistam em livro durante o Salão, o que corresponde a R$ 150,00 para cada. Essa bonificação já existe no Estado.

Cerca de 16 organizações públicas e privadas prestigiaram o lançamento do Salão do Livro. Além das já citadas, também participaram a Faculdade Metropolitana, Unopar, Unifesspa, Unip, Fundação Casa da Cultura, Academia de Letras de Marabá, 4º URE, Conselho Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Turismo, UEPA e Tribunal de Contas do Estado.