Meio Ambiente: Semma fiscaliza poluição sonora e pesca predatória no defeso da piracema

Neste fim de semana, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) apreendeu mais de 400 metros de malhadeiras (rede de pesca) no Igarapé Vermelho, Km 18 da Rodovia Transamazônica, sentido Itupiranga. A apreensão é resultado da fiscalização realizada para proibir a pesca no defeso da piracema, período em que os peixes sobem para a cabeceira dos rios para realizar a reprodução.

Para evitar essa  pesca predatória na piracema, entre os meses de novembro e fevereiro, a SEMMA promove fiscalização por terra, rios e igarapés, visando coibir a prática em desacordo com a legislação, ou seja, só é permitida a pesca de anzol, em quantidade limitada, para fins de subsistência da família do pescador.

Poluição sonora

Ainda entre sexta-feira e domingo (13 a 15), a SEMMA atendeu 25 denúncias de poluição sonora na cidade, o que resultou em três notificações, cujos responsáveis responderão a processos administrativos.

As denúncias atendidas e não notificadas resultam da falta de constatação do som acima do limite, visto que no intervalo entre a reclamação e chegada da equipe para aferição com decibelímetro o volume do som é diminuído. Nesses casos, os responsáveis são advertidos verbalmente.

Texto: João Batista
Fotos: Divulgação/ Semma

Acessibilidade