OPERAÇÃO PIRACEMA: MAIS DE 584 QUILOS DE PEIXES APREENDIDOS

OPERAÇÃO PIRACEMA: MAIS DE 584 QUILOS DE PEIXES APREENDIDOS

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Guarda Municipal divulgaram na tarde desta quarta-feira (6), o balanço parcial da Operação Piracema, realizada entre os dias 1º a 30 de novembro, em Marabá. Os resultados foram divulgados numa coletiva a imprensa, no auditório do Gabinete da Prefeitura, e contou com a participação do secretário de Segurança Institucional, Jair Barata, do secretário de Meio Ambiente, Válber Araújo, e do superintende da Guarda Municipal, Roberto Lemos

De acordo Válber Araújo, nove fiscais e 25 guardas ambientais estão atuando na Piracema, com patrulhamentos nos rios Itaciaúnas e Tocantins, além de seus afluentes. Outra forma de fiscalizar está a montagem de barreiras montadas nas rodovias.

Ao todo, foram feitas 254 abordagens que resultaram em seis notificações e uma autuação. Além disso, os fiscais e os guardas municipais apreenderam 254 quilos de peixes, 89 espinheis com boia, um caminhão (carregado com carvão), uma motosserra, 5.200 metros de rede e duas tarrafas.

Válber Araújo disse ainda que os peixes foram doados para instituições filantrópicas (Lar São Vicente, Chácara Emaús e programa Mesa Brasil). Já os materiais apreendidos foram incinerados.

A Piracema corresponde a época de reprodução dos peixes. Quem for flagrado pescando nesse período poderá ser multado e ter o pescado apreendido. A multa varia entre R$ 700,00 e R$ 100 mil, além de um acréscimo de R$ 20,00 por cada kg de pescado. Até 28 de fevereiro de 2018, também fica proibido o transporte, comercialização e beneficiamento de peixes pescados em rios e lagos.

ACESSIBILIDADE
ACESSIBILIDADE