SEAGRI: SECRETARIA AVANÇA NOS TRABALHOS DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA E IMPLANTAÇÃO DE HORTAS ESCOLARES

SEAGRI: SECRETARIA AVANÇA NOS TRABALHOS DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA E IMPLANTAÇÃO DE HORTAS ESCOLARES

Embora a chuva não tenha dado trégua na região de Marabá, a Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri) prossegue o trabalho de mecanização agrícola, visando o plantio de feijão e milho (safrinha), devendo beneficiar mais de 300 famílias até o mês de maio. Outros trabalhos em curso são a implantação das hortas escolares e o projeto de reorganização de feiras, no que tange ao abate de frangos.

No departamento de Mecanização, de acordo com o agrônomo Deibson Varanda, embora lentamente, o trabalho beneficiou mais de 90 hectares. Mesmo assim, o atendimento à cerca de 271 famílias para até abril e mais 53 solicitações previstas para o mês de maio. Tudo ainda para esta safra.

O projeto da safra 2018/2019 já está em andamento, a partir da recuperação de cerca de sete tratores. A Seagri também foi contemplada com mais um trator e uma grade aradora, já licitado e em fase de aquisição.

Hortas escolares – Por parte do Departamento de Produção Animal e Vegetal está em andamento o Projeto Hortas Escolares, para o qual já foi disponibilizado o esterco. Em seguida, nos dias 01 e 02 de março, acontece a preparação dos canteiros.

Acerca da assistência técnicas, no período de 5 a 9 de março acontece um workshop em cada escala contemplada com esse projeto, conforme programação a seguir:

05 de março – Escola Ida Valmont; 06 de março, Escola Doralice de Andrade; 07 de março, Escola Raimundinho; 08 de março, NEI Maria Clara; e 09 de março, Escola São José.

O projeto Hortas Escolares é uma parceria da Seagri, Semed, Emater e Unifesspa.

Abate de animais – Diante da deficiência higiênico-sanitária no abate de aves nas feiras livres de Marabá, a Seagri participará no projeto de reforma da Feira Coberta do Bairro Laranjeiras para dá uma ordenação na área de abate e limpeza desses animais.

O projeto está em elaboração, mas como cada um dos comerciantes de aves receberá um box, a ideia é que eles tragam as aves já tratadas para expô-las à venda no espaço que lhes for permitido. Depois, a programação se estenderá à Feira da Folha 28, na Nova Marabá.

ACESSIBILIDADE
X