quarta-feira - 14 novembro 2018

SEGURANÇA: ÓRGÃOS E MP DISCUTEM ESTRATÉGIAS DE SEGURANÇA PARA COMERCIANTES

SEGURANÇA: ÓRGÃOS E MP DISCUTEM ESTRATÉGIAS DE SEGURANÇA PARA COMERCIANTES

Em reunião realizada no auditório do Ministério Público Estadual, na manhã desta quinta-feira (13), os órgãos de segurança que atuam no município, discutiram estratégias que devem ser adotadas pelos comerciantes que trabalham no centro comercial da Cidade Nova.

A reunião foi convocada pelo MPE a pedido do Sindicato do Comércio de Marabá (Sindicom) e contou a participação de representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, DMTU, Postura e contou também com a participação de Walmor Costa, chefe de gabinete da Prefeitura de Marabá.

A promotora Josélia Leontina de Barros Lopes (MPE) acompanhou todos casos relatados pelos comerciantes que apontaram um alto crescimento de assaltos e arrombamentos às lojas nos últimos dois anos. De acordo com um comerciante, que preferiu preservar sua identidade, sua loja foi alvo de arrombamento várias vezes nos últimos meses, resultando em média o prejuízo de aproximadamente R$ 20.000,00 (vinte mil reais) em cada ação dos bandidos.

Outra comerciante relatou que na semana que abriu a loja, foi vítima de um assalto que praticamente levaram todos os produtos que estavam expostos, “eu praticamente tive que fechar a loja novamente para tentar repor o que foi levado”, lamenta ela.

Raimundo Neto, vice-presidente do Sindicom, informou que as reclamações de comerciantes da cidade Nova são corriqueiras e que necessitam de uma resposta do governo para tentar conter essa ação dos bandidos. “Os comerciantes reclamam da intensa movimentação na praça São Francisco durante toda a noite, onde, segundo eles, vendem de tudo no local, alimentos, cds e dvds piratas, infringindo a própria lei”.

Walmor Costa, chefe de gabinete, adiantou que a praça São Francisco, será fechada nas próximas semanas, pois está em processo de licitação para ser realizada uma ampla reforma no local, “até o fim deste mês já teremos o resultado do processo licitatório e posteriormente será feito o contrato com a empresa vencedora da concorrência e na sequencia daremos inicio a obra de reforma do espaço”, afirmou ele.

A promotora Leontina Barros do MPE, solicitou ao representante do Sindicom uma relação com as principais reivindicações dos comerciantes que será encaminhada aos órgãos de segurança para que seja atendida com o objetivo de reduzir os casos de assaltos, roubos e arrombamentos em lojas na avenida Nagib Mutran e as proximidades da praça São Francisco.

ACESSIBILIDADE
X