SEMANA DO IDOSO: PALESTRA “ENVELHECER COM SAÚDE” ATRAI DEZENAS DE IDOSOS PARA O CRISMU

SEMANA DO IDOSO: PALESTRA “ENVELHECER COM SAÚDE” ATRAI DEZENAS DE IDOSOS PARA O CRISMU

O auditório do Centro de Referência Integrado à Saúde da Mulher (Crismu), localizado na folha 33 na Nova Marabá, ficou completamente lotado de idosos na manhã desta quinta-feira (4), para acompanhar a palestra sobre a saúde na terceira idade, proferida pela enfermeira Ana Lécia, do departamento de saúde da mulher da Secretaria Municipal de Saúde.

Durante pouco mais de uma hora a enfermeira chamou a atenção dos idosos para várias situações consideradas importantes para que a pessoa possa envelhecer com mais saúde e tranquilidade. A enfermeira começou a palestra dizendo que o envelhecimento é algo natural e que faz parte da vida de cada um de nós, “A velhice vai acontecer naturalmente, faz parte da vida de todos nós. Mas como é que eu vou envelhecer? a questão é ter cuidado neste processo de envelhecimento que é super importante”, explicou.

Durante a palestra foram abordados temas comuns em várias áreas da vida das pessoas, como a atividade física. Os idosos foram orientados a praticar caminhadas, alongamentos e ter uma boa alimentação com uso de sal e açúcar moderadamente, além de ingerir bastante líquido, muitas frutas e verduras.


A enfermeira informou que a frutas regionais são ricas em diversas vitaminas e encontradas até mesmo no quintal de nossas casas e não damos a atenção necessária a elas. Muitas pessoas se alimentam com comida enlatada e descartam o consumo de frutas regionais, mesmo tendo em fartura em nossa cidade.

A saúde do idoso é uma questão de família e os mais novos devem ser responsáveis pela qualidade de vida dos mais velhos. Para a enfermeira, “a família também tem papel importante neste processo porque a família tem que preservar sua autonomia, precisa preservar a independência do idoso. Ele precisa saber escolher as coisas que achar bom pra ele, velhice não é doença, é um estágio na vida”, enfatizou.

Para evitar acidentes domésticos, a família deve fazer algumas adaptações em casa. A enfermeira alertou quanto ao uso de tapetes em portas e corredores sobre o perigo de escorregões. Ter cuidado também com a posição dos móveis e se possível instalar barras de ferro, tanto nos corredores quanto no banheiro, principalmente próximo ao chuveiro.

Além de todos esses cuidados com a saúde, com práticas de exercícios físicos, alimentação saudável, é preciso ter também cuidados com a saúde mental fazendo boas leituras e também com a saúde espiritual. Com cuidados especiais vamos envelhecer com mais saúde.

ACESSIBILIDADE
X