SEMMA: NA SEMANA DO MEIO AMBIENTE, ALUNOS CONHECEM PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUA

SEMMA: NA SEMANA DO MEIO AMBIENTE, ALUNOS CONHECEM PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUA

A ação teve como finalidade levar ao conhecimento dos educandos as etapas do processo do tratamento de esgoto antes de chegar ao rio Itacaiunas.

   

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), através do Departamento de Educação Ambiental – DEA, realizou duas atividades educativas com 04 escolas que participam do Projeto da Agenda Ambiental da Escola Pública – A2EP.

A primeira foi realizada no dia 04 de junho, das 8h às 11h e, consistiu numa visita técnica a Estação de Tratamento de Água da COSANPA, Nova Marabá, realizada por 30 alunos, sendo 15 da Escola Pedro Peres Fontenelle, localizada no Núcleo Morada Nova e 15 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Walquise Viana da Silveira, situada no Núcleo São Félix. A ação teve como objetivo levar ao conhecimento dos alunos as etapas do tratamento que a água passa até chegar nas residências.

A segunda atividade foi a visita técnica a Estação de Tratamento de Esgoto da COSANPA, localizada no Bairro Amapá. Participaram dessa ação 30 alunos, sendo 15 da Escola Estadual de Ensino Médio Liberdade e 15 da Escola de Ensino Fundamental Deuzuita Melo de Albuquerque. A ação teve como finalidade levar ao conhecimento dos educandos as etapas do processo do tratamento de esgoto antes de chegar ao rio Itacaiunas. A Estação de tratamento dos resíduos fecais foi inaugurada em fevereiro de 2017, está atendendo nessa primeira etapa os bairros Amapá, Agropólis do INCRA, Cidade Nova, Novo Horizonte.  A Estação irá contemplar de forma paulatina todo o município de Marabá.


A A2EP tem como meta ser implantada em 10 escolas do município de Marabá, já foi executada em 9 escolas, sendo elas: Acy Barros, Deuzuita Melo, Anísio Teixeira, Geraldo Veloso, Liberdade, Pedro Peres Fontenelle, Walquise Viana e Julieta Gomes Leitão. O Projeto foi iniciado em março desse ano e será finalizado em novembro.

O objetivo é estimular os gestores, alunos, professores e demais atores destes espaços a incorporar princípios e critérios de gestão ambiental em suas atividades rotineiras, levando à economia de recursos naturais e à redução de gastos institucionais por meio do uso racional dos bens públicos e da gestão adequada dos resíduos sólidos, hídricos e energéticos.

As atividades foram programadas e executadas por Carleans Pereira, Pedagoga e Givanildo Moreira, Analista Ambiental, ambos servidores do DEA.

Deixar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *