Os números no relatório feito pelo Sine (Sistema Nacional de Emprego) – Casa do Trabalhador – mostram que em Marabá e região houve um crescimento significativo de novos empregos, apesar da crise econômica que atinge todo o país. Os dados apontam que o pico ocorreu no mês de julho deste ano, em que 1.831 pessoas tiveram a Carteira de Trabalho assinada.

Os setores que mais contribuem para a empregabilidade são o Comércio, que entre janeiro e julho de 2015 empregou 4.200 pessoas; Serviços, que no mesmo período preencheu 3.071 vagas; Construção Civil, que admitiu 1.129 funcionários e Indústria de Transformação, que assinou 782 carteiras de trabalho.

Dezenas de pessoas procuram o Sine diariamente para tentar uma oportunidade de emprego e também para darem entrada no Seguro Desemprego.

Weberth Alves de Souza é uma dessas pessoas, ele estava desempregado havia cerca de três meses, foi até o Sine, se cadastrou a uma vaga de emprego e deu entrada no Seguro-Desemprego.

Nesta segunda-feira (24) ele foi chamado para receber o encaminhamento a uma vaga de frentista. “A gente fica esperando, procurando trabalho e receber uma notícia dessa deixa a gente animado. Agora é só participar da seleção e, se Deus quiser, começar a trabalhar”, comemorou.

O relatório do Sine ainda aponta que entre janeiro e julho deste ano foram feitos 3.441 novos cadastros no sistema. Desses, 3.341 receberam encaminhamento aos processos de seleção das empresas. Ao todo, 961 vagas foram disponibilizadas no sistema durante esse período e destas foram preenchidas 406.

De acordo com o diretor do Sine, Daniel Sá, o cadastro de vagas no sistema é rotativo. Por isso o órgão chega a receber por mês até 100 empresas que estão à procura de novos candidatos.

A cada três meses os dados dos candidatos são atualizados e aqueles que estiverem dentro do padrão exigido para preencher a vaga são encaminhados ao processo de seleção das empresas.

Atendimento

O Sine está funcionando em novo endereço, desde o dia 5 de abril. Os candidatos ao mercado de trabalho podem procurar o órgão na Travessa Carlos Leitão, 290, entre a Rua Sete de Junho e a Avenida Antônio Maia, Núcleo Velha Marabá.

O atendimento para novos cadastros e encaminhamento é feito por ordem de chegada. Já para o Seguro-Desemprego, são distribuídas senhas. A Casa do Trabalhador funciona das 8 às 14 horas. (Texto: Fabiane Barbosa/ Fotos: Dinho Aires)

Sine (1)

Sine (5)

Weberth de Souza (2)
Weberth de Souza procurou o Sine e conseguiu encaminhamento para emprego

Leave a Reply

Your email address will not be published.