Agricultura: Seagri investe na produção em maior escala de mudas de espécies nativas

0

Até aqui, a Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri) tem se empenhado cada vez mais na produção de mudas de espécies frutíferas como o açaí, cupu e cacau. Ontem, 13 de março, foi finalizado o orçamento para a compra de sementes de essências florestais nativas e/ou em ameaça de extinção, como a castanha do Pará, jatobá, mogno e outras, com objetivo de incentivar a recuperação de áreas degradadas e implantação de SAFs – Sistemas Agroflorestais.

Segundo a engenheira Florestal Lorena Leal Cruz, um dos passos importantes para a implantação do novo projeto, além da aquisição de sementes, que antes vinham somente de doações, a Seagri está construindo uma estufa para germinação dessas mudas de árvores de grande porte, principalmente a castanha, que requer proteção das sementes, muito apreciadas por roedores e formigas.

Este ano, em que o viveiro da Seagri deverá chegar ao máximo de produção, aproximando-se de 800 mil mudas, além de iniciar a aquisição de sementes, está em licitação a compra de novos equipamentos, como peneira rotativa, carrinhos de tubetes e outros.

A realização desse projeto conta com apoio da UEPA, por intermédio do professor Osmar José Ribeiro Aguiar, que tem interesse em pesquisa dessas espécies com alunos daquela instituição; e do Fórum de Marabá, por meio do juiz Márcio Teixeira Bittencourt, um dos vencedores do Prêmio Inovare/2018, com o Plano de Execução Civil Ambiental, que destina recursos oriundos de ações cíveis ambientais para recomposição da floresta.

Nenhum Comentário

ACESSIBILIDADE
X