Assistência Social: Casa do Idoso está aberta a visitação de terça a domingo

A Casa do Idoso está prestes a completar seus 8 meses de funcionamento e obteve aumento no número de acolhidos, desde a sua inauguração. O espaço começou abrigando 10 idosos, agora já conta com 16 e, outros dois estão sendo aguardados pela equipe. São idosos que não possuem vínculo familiar, ou passaram por situação de maus tratos e abandono.

Seu João Alves de Freitas, de 62 anos, foi resgatado das ruas de Marabá em setembro de 2018. O idoso vivia empurrando dois carrinhos de entulhos na Nova Marabá e dormia ao relento, geralmente próximo a postos de combustível. Desde que começou a morar na Casa do Idoso, passou a ter qualidade de vida. Além de ter recebido abrigo, também passou por exames médicos, recebeu roupas novas e melhorou a aparência. “Eu ficava empurrando carrinho, dormia no posto de gasolina, agora tô [sic] sendo cuidado e feliz”, descreve seu João.

Na Casa do Idoso, eles dispõem de técnicos em enfermagem, psicólogo, pedagoga, educador físico, assistente social e cuidadores. Tem ainda a equipe de apoio (cozinheiras, agente de portaria e agentes de serviços gerais), bem como, atendimento médico e com nutricionista quinzenalmente.

De acordo com a coordenadora da Casa do Idoso, Onete Feliz, todos os acolhidos têm histórias semelhantes, geralmente de aflição. E apesar de receberem boa assistência e o carinho dos profissionais, do que mais sentem falta, é de afeto. Por isso, ela ressalta que o espaço está aberto para receberem visitas. “No fim de ano eles receberam muitas visitas, presentes. Ofereceram manhã de lazer a eles, foi maravilhoso”, observou Onete.

As visitas podem ser feitas de terça a domingo, de 09h às 11h e de 15h às 17h. E no caso de visitas em grupos, de entidades, é preciso agendamento. “Quem quiser colaborar, fazer visita, doar um pouco do seu tempo, pra bater um papo com idosos será muito bem recebido”, enfatiza.

Em 2019, as expectativas são para que a Casa do Idoso tenha melhorias com a chegada de profissionais de fisioterapia e enfermagem. Da mesma forma, a equipe anseia por um carro adaptado para o transporte dos cadeirantes nas consultas e outros atendimentos fora do abrigo.

Estatuto do Idoso

Outra observação importante feita por Onete é um tanto preocupante. É que segundo a coordenadora, o espaço tem sido muito procurado por famílias que buscam vagas para acolhimento de seus idosos.

“Peço para a sociedade em geral que tenha mais cuidado com seus idosos. A família muitas vezes vem nos pedir ajuda, mas é importante que o idoso tenha vinculo familiar, isso está no Estatuto do Idoso. Nós só podemos interferir no caso de maus tratos e abandono. É só cuidar, ter mais paciência”, destaca Onete.

Ela finaliza dando a boa notícia de que dois idosos recentemente voltaram para o seio da família. O último havia sido encontrado na semana passada, sem memória, na chuva e sem documentos. Ele era do município de Anapu. O idoso foi levado pra casa, nesta segunda-feira, dia 14, por um dos filhos.

Serviço: 

Casa do Idoso

Endereço: Avenida Minas Gerais – Bairro Belo Horizonte

Visitação: Terça a domingo

Horário: 09 às 11 e 15 às 17 horas

ACESSIBILIDADE
X