Assistência Social: Marabá registra mais de 1.300 novos beneficiários no Programa Bolsa Família

Na manhã desta segunda-feira (11), o salão de atendimento do prédio do Programa Bolsa Família em Marabá estava com pouca movimentação, diferente dos demais dias, onde a procura é bastante intensa. Segundo a coordenação do PBF, mais de mil novos cadastrados foram realizados em Marabá para receber o benefício federal.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado à famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Em Marabá, no mês de dezembro (2018), foram registradas 742 famílias e no mês de janeiro deste ano foram mais 623 novas famílias que terão direito a receber o benefício, somando 1.365 famílias. No município, o número total de famílias cadastradas no programa chega agora a 14.344. Para cada família é repassada em média R$ 160,27. No mês de dezembro/2018 foi transferido aos beneficiários mais de 2 milhões de reais (R$ 2.298.860,00).

Dos 12 municípios que integram a região do Carajás (PBF), Marabá foi o que mais recebeu novos cadastros, seguido de Parauapebas (741 nos dois meses citados). De acordo com Benezilda Lima, coordenadora do Comitê Gestor do Programa Bolsa Família em Marabá, os valores repassados ajudam na economia do município.

“O bolsa família tem crescido e Marabá é uma região de grande porte. Esse montante vem impactar diretamente no percentual de pagamento do município. O bolsa família injeta mais de dois milhões de reais no comércio além de atender as pessoas que mais precisam. São famílias carentes que precisam desse benefício”.

Benezilda Lima também alerta para as famílias que deixaram de atualizar as informações do CadÚnico. Segundo ela, mais de 3 mil pessoas podem ter o seu benefício suspenso.

“Nós temos mais de 3 mil cadastros que foram feitos em 2014 e que precisam ser atualizados. Pedimos a esse publico que em 2014 enfrentou fila pra fazer o cadastro voltarem para atualizar, caso contrário, serão excluídos do programa. Eles têm que vir atualizar de dois em dois anos para não ficar de fora de vários programas sociais do Governo Federal, como a isenção de pagamento de inscrição de concurso público, entre tantos outros benefícios”, explica Benezilda Lima.

Para atualização de cadastros a pessoa pode se dirigir a qualquer um dos Centro de Referencia e Assistência Social (CRAS), do município. Na Nova Marabá o CRAS está localizado na folha 13. No núcleo da Cidade Nova, bairro Amapá, Jardim Bela Vista e também em Morada Nova. Além da sede do Comitê Gestor do Bolsa Família na Marabá Pioneira.

ACESSIBILIDADE
X