Assistência Social: Seaspac realiza cursos para mulheres dos bairros Bela Vista e Jardim União

(22 de fevereiro de 2021)

Durante três dias, cerca de 20 mulheres dos bairros Jardim Bela Vista e Jardim União, beneficiárias do Bolsa Família, participaram do curso de confecção de biscuit. O curso foi promovido pelo CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Bela Vista, através do departamento de geração de emprego e renda da Seaspac – secretaria de Assistência Social, Proteção e Assuntos Comunitários. O objetivo é que as mulheres tenham condições de trabalhar em casa, gerar uma renda e ajudar nas despesas de casa.

“O departamento está trabalhando cada dia mais junto com as mulheres para que elas possam ter uma renda extra sem precisar sair de casa e nosso objetivo é empoderar as mulheres aprendendo coisas novas e mudar a vida delas. Ao longo de 2 anos já foram mais de 3.500 mulheres que passaram por essas oficinas em todos os bairros”, afirma Derace Muriel Frota, coordenadora do departamento de geração de emprego e renda.

Derace Muriel, Depto de geração de emprego e renda

Vanessa Camelo, coordenadora do CRAS do Bela Vista, disse que o centro vem trabalhando na formação e preparação da mão de obra para mulheres. “É um ponta pé inicial das mulheres que ficaram sem renda durante a pandemia e hoje elas aprendem e podem vender os produtos em casa mesmo ou outro local. As próximas oficinas também serão voltadas para as mulheres”, explica.

Vanessa Carmelo ao lado da Secretaria NadjaLucia

A dona de casa Rosilene Silva da Paz já quer colocar em prática o que aprendeu. “Nesse curso aprendi muito porque é muito detalhista. A gente estava ociosa em casa e aqui foi uma terapia. Quando terminar o curso já estamos prontas para trabalhar em casa e começar a produzir, foi uma boa experiência”, relata.

Rosilene Silva

A jovem Renata Avelino Gonçalves também pretende fazer uma renda extra com a nova atividade. “Estou para aprender e o curso está muito bom e com certeza vou aprender mais e fazer uma renda e quem sabe ensinar mais pessoas no futuro e a experiência está sendo ótima”, disse.

Renata Avelino

A coordenadora explica ainda que o CRAS do Bela Vista atende vários outros grupos como os das mulheres gestantes, idosos, crianças e adolescentes em diversas ações, as quais estão retornando gradativamente em razão da pandemia.

Nadjalúcia Oliveira, secretária municipal de assistência social, proteção e assuntos comunitários, esteve na aula de encerramento da turma e elogiou a participação das mulheres pela dedicação e compromisso. “O objetivo maior da Seaspac é dar autonomia para as famílias. Nós estamos em um momento atípico e essas ações atendem principalmente às famílias que foram mais atingidas com a pandemia e nós estamos realizando essas ações para atendimento a esse segmento, para trabalhar a questão da geração de renda e da formação profissional”, finalizou.

Nadjalúcia Oliveira, secretaria de Assistência Social

Texto: Victor Haôr
Fotos: Paulo Sérgio