Boletim da Defesa Civil do dia 16 de abril

O nível dos rios Tocantins e Itacaiunas em Marabá voltou a subir e alagar as áreas mais baixas da cidade, chegando a marca de 10, 10 metros na manhã de quarta-feira (15). Muitas famílias, que não seguiram a orientação da Defesa civil para não retornar, tiveram suas casas invadidas pelas águas.

As famílias estão sendo levadas para abrigos públicos na Marabá Pioneira e no ginásio da Obra Kolping do Brasil, no bairro do Belo Horizonte. A Defesa Civil está fazendo o transporte com caminhões alugados e veículos do Exército.

Segundo Jairo Milhomem, coordenador da Defesa Civil, as famílias foram orientadas a não deixar os abrigos e aguardar o nível do rio chegar abaixo dos 9,25 metros. “Nós tivemos um repique e nesses últimos 5 dias subiu 1,26 m, chegou a 10,34 e hoje estamos com 10,10 m. Os abrigos foram desativados porque as famílias saíram por iniciativa própria, mesmo a defesa civil orientando que era para ficar nos abrigos pois vinha a enchente da semana”, disse.

De acordo com Jairo, outro problema encontrado foi o desaparecimento de parte do material usado na construção dos abrigos. “Os abrigos estavam construídos, mas teve um agravante, muitas pessoas usando de má fé retiraram parte do material usado para construir os abrigos e levaram, isso resultou em um trabalho a mais para atender as famílias”, explicou.

A Defesa Civil municipal já mobilizou a parceria com o Exército e está dando todo o suporte novamente às famílias atingidas pela enchente. “Pela nossa experiência, daqui a poucos dias o nível vai voltar a sua normalidade, no máximo em 5 dias, e então as famílias vão poder retornar com mais segurança as suas residências”, finalizou.

Texto: Victor Haôr

Acessibilidade