Boletim da Defesa Civil do dia 31 de março

O nível do Rio Tocantins  continua em declínio. Nessa terça-feira (31), já marcava 11,25 metros, às 10h15 da manhã, Os números já apontam uma redução de 1,41 metros em relação ao pico que aconteceu no último sábado (21), às 7 horas, quando a marcação era de 12,66 metros. No entanto a Defesa Civil deixa claro que a recomendação é que os moradores só retornem para seus bairros quando o nível atingir a marca de 9 metros. Marcação considerada segura.

O número de famílias desabrigadas cadastradas é de 1.861. Ao todo, de acordo com a Defesa Civil Municipal, 5.163 familias foram atingidas direta ou indiretamente pelas cheias no município, totalizando mais de 11 mil pessoas. Segundo a Defesa Civil, há em torno de 1200 famílias nos 15 abrigos espalhados pela Marabá Pioneira, Cidade Nova, Nova Marabá, Morada Nova e São Félix.

As equipes da Defesa Civil juntamente com o Corpo de Bombeiros (Defesa Civil Estadual), Seaspac (Secretaria de Assistência Social, Proteção e Assuntos Comunitários) e Exército estão prestando assistência em todos os abrigos do município. Os desabrigados e desalojados receberão 3.600 cestas básicas, destas 2.093 já foram entregues. Sendo 980 nos abrigos e 1413 para os desalojados.

O reabastecimento de água potável é de água é feito três vezes ao dia nos abrigos. A higienização dos banheiros é realizada diariamente duas vezes. Além disso, os desabrigados têm recebido visita das equipes de saúde, que fizeram a vacinação contra a gripe, a distribuição de medicamentos e prestam atendimento e monitoramento sobre possíveis casos do novo coronavírus.

Ao todo, foram utilizados sete caminhões baús da Defesa Civil, 25 caminhões de 25 toneladas do Exército, um caminhão dos Bombeiros e dez barcos, sendo quatro da Defesa Civil, um dos bombeiros e cinco do Exército ao longo da operação.

Texto: Osvaldo Henriques 

 

Acessibilidade