Cidadania: Correios realizam cadastro do auxílio emergencial até dia 2 de julho

A população mais vulnerável, sem acesso aos meios digitais, que ainda não conseguiu solicitar o Auxílio Emergencial do Governo Federal, pode se dirigir a uma agência dos Correios até dia 2 de julho. A iniciativa é uma parceria entre o Ministério da Cidadania e os Correios.

O Auxílio Emergencial tem o intuito de garantir uma renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável durante a pandemia da COVID-19 e afetados pela redução da atividade econômica, tais como trabalhadores informais, microempreendedores e contribuintes individuais, que se enquadrem nos critérios estabelecidos.

A parceria com os Correios aconteceu no intuito de suprir a necessidade de solicitação ao benefício pela população que tem dificuldades de acesso aos meios digitais. Desde 8 de junho o atendimento é disponibilizado, atuando no atendimento presencial ao cidadão com baixo ou nenhum acesso às mídias sociais e que busca o cadastramento e solicitação ao Auxílio Emergencial.

O cadastro é gratuito nas mais de 6 mil agências dos Correios espalhadas pelo Brasil, proporcionando a esse público facilidade e acesso ao benefício, e será realizado, inicialmente, até o dia 02/07/2020.

Para maiores orientações sobre a solicitação do Auxílio Emergencial, disponibilizadas no link https://www.correios.com.br/auxilio-emergencial

Texto: Emilly Coelho
Foto: Divulgação Correios

Acessibilidade