Cidadania: Eleitores de Marabá devem cadastrar biometria para evitar cancelamento do título eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral de Marabá (TRE) está convocando os eleitores do município para o cadastramento biométrico obrigatório nos postos de atendimentos localizados na folha 16, Nova Marabá, e no antigo TRE localizado na praça São Francisco, Cidade Nova. A partir de fevereiro, o serviço será ampliado para o núcleo São Félix. O eleitor que não fizer a biometria terá o título eleitoral cancelado.

De acordo com Francinete Castelo Branco, chefe da 23ª zona eleitoral, Marabá tem aproximadamente 156 mil eleitores, mas até o momento apenas 29% se regularizaram junto ao TRE. A baixa procura preocupa porque a biometria é e quesito obrigatório para a validade do título eleitoral.

“Aquele eleitor que não tiver a biometria terá o título cancelado e não vai poder votar, dentre outras consequências, como fazer empréstimo, matrícula em instituição pública, receber benefícios sociais, não podem tomar posse de cargo público e também terão cancelamento do CPF”, destaca Francinete.

Ainda segundo a chefe do cartório, a estrutura está montada para receber a população até o dia 31 de maio. A prefeitura cedeu 45 servidores para auxiliar no serviço. Dona Aparecida Bardini procurou o cartório na segunda-feira (21) e foi atendida em menos de 15 minutos. “Quanto antes vier melhor porque deixar para última hora vai enfrentar fila e agora está muito tranquilo”, enfatizou.

A professora Rubenilde Abreu também não perdeu tempo. “Fiquei sabendo que estava bem acessível e como não gosto de enfrentar fila, corri e foi rápido”, afirma.

Os postos de atendimentos funcionam de segunda a sexta-feira, das 08 às 16 horas. O eleitor deve levar os documentos pessoais e o comprovante de residência.

ACESSIBILIDADE
X