Cidadania: Obras da Prefeitura geram empregos na cidade

Quem passa pela BR-222, em frente ao km-07, na Nova Marabá, não tem como deixar de perceber a grande obra de drenagem que tem sido realizada pela Prefeitura de Marabá no local. A obra contempla 840 metros de drenagem profunda, que vai acabar de vez com os alagamentos naquele trecho, o que era comum durante o período chuvoso. Esta é uma das obras da Prefeitura que além de melhoria na infraestrutura reflete outro benefício importante: A geração de emprego.

Naquele posto de trabalho a Prefeitura gerou 20 empregos indiretos. Wesley Martins dos Santos, de 34 anos e Horlean Barbosa, de 30 anos, fazem parte do quadro de operários que trabalham na obra, executada pela empresa GR Frota Eireli, contratada pela Prefeitura. Os colegas de trabalho têm uma história em comum, ambos estavam em busca de uma oportunidade e atualmente é dali que eles tiram o sustento da família.

O pedreiro Wesley é casado, tem três filhos e passou seis meses desempregado, até ser contratado para trabalhar na obra. Há um ano ele pôde respirar tranquilo, quitar suas dívidas, na certeza que será recompensado todo o fim de mês. “Essa obra garante o meu emprego e de muitos outros trabalhadores. Todos os dias vem gente atrás de emprego aqui. Quanto mais obra surgir mais emprego a gente vai ter”, enfatizou o pedreiro.

A história do ajudante Horlean começou a menos de 90 dias. O jovem de 30 anos estava desempregado por mais de sete meses e também foi na obra de drenagem do Km-07 que surgiu a vaga de emprego que ele tanto aguardava. “Estava difícil para mim. Sem dinheiro é ruim, muita conta pra pagar, tenho uma menina para pagar pensão. Quando surgiu a vaga fiquei muito alegre”, conta o ajudante satisfeito.

Wesley e Horlean são apenas uma mostra das centenas de pessoas que são beneficiadas indiretamente com as obras realizadas pelo poder público municipal. A obra de drenagem no Km-07, em frente a BR-222, está orçada em R$ 1.087.323,08 e está em fase de conclusão.

 

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Paulo Sérgio dos Santos

Acessibilidade