Cidade: SDU e COHAB iniciam Programa de Regularização Fundiária do Bairro Liberdade

Pela manhã, nesta quinta-feira (30), servidores da Superintendência de Desenvolvimento Urbano passaram por uma capacitação nesta quinta-feira (30), na sede do órgão, para a coleta dos cadastros municipais domiciliares no Bairro Liberdade. O processo regularização fundiária dos imóveis da área será iniciado a partir do dia 03 de junho. À noite, a equipe da SDU reuniu-se com dezenas de pessoas, na Escola Heloisa de Sousa Castro, no bairro da Liberdade. O evento foi para orientar os moradores sobre o processo de coletas de dados sociais, econômicos, documentos, um resumo geral do processo de regularização.

 

 

 

 

 

 

O programa de regularização fundiária do bairro, está acontecendo através de uma cooperação firmada entre Prefeitura de Marabá, através da SDU, e do Governo do Pará, através da Companhia de Habitação do Pará (COHAB). A reunião contou com a participação do Superintendente da SDU, Mancipor Lopes, e do Presidente da Cohab, José Scaff.

Para Mancipor, o que está acontecendo é a transformação de um sonho em realidade. “Nós acreditamos que definitivamente a ansiedade e o sonho vão se transformar em realidade porque agora se reuniram pessoas sérias com compromisso tanto do Governo do Estado quanto do Governo Municipal e mandamos um recado para as famílias: creiam que agora vamos regularizar todos os imóveis do bairro Liberdade”, afirmou.

De acordo com José Scaff, a regularização fundiária será uma garantia jurídica para os moradores e uma melhor qualidade de vida. “O município de Marabá tem áreas que estão necessitando da regularização fundiária para melhorar a qualidade de vida e a segurança jurídica porque eles têm a posse da residência, mas não têm o título, não têm a propriedade e, com isso, eles passam a ter mais dignidade porque passam a ter a titularidade do terreno e podem buscar financiamento nos bancos, ter direitos a programas sociais”, afirma.

Uma técnica da Cohab iniciou a apresentação, explicando desde a coleta de informações até a entrega do título definitivo do lote. A expectativa é que cerca de 2.600 (duas mil e seiscentas) famílias sejam beneficiadas.

Famílias como a da dona Rosedith da Silva, ela diz que espera há mais de 30 anos por esse momento. “Eu quero que seja feita porque todo mundo merece ter o título de suas casas”, disse a dona de casa.

A espera dos moradores pela regularização de seus lotes já se arrasta há 40 anos. O bairro, criado a partir de uma ocupação, cresceu rapidamente. Seu Laurício Miranda está feliz porque sente que depois de tantas lutas terá o lote regularizado. “Todos os moradores do bairro liberdade estão felizes. Agora as casas vão ser regularizadas pela SDU e Cohab e as pessoas terão segurança e serão amparadas juridicamente com o documento de suas casas”, declarou.

Para melhor atender às famílias no processo de regularização fundiária no bairro, um posto de atendimento da SDU está sendo equipado na Avenida Paraiso, próximo à praça da Liberdade. Os moradores podem obter mais informações também pelo telefone (94) 99203-9086.

Texto: Victor Haôr

Fotos: Paulo Sérgio dos Santos

Acessibilidade