Corrida: “End Polio Run” reúne mais de 300 atletas em prol da erradicação da poliomielite

(4 de novembro de 2019)

Mais de 300 atletas de Marabá correram contra a poliomielite nesse domingo (03). A Corrida End Polio Run, teve largada as 6h30min da manhã, em frente à sede do Rotary Club, na Folha 29, Nova Marabá. O valor arrecadado com as inscrições será utilizado no combate pela erradicação da poliomielite no mundo. Também foi disponibilizado café da manhã e massagem para os corredores.

A Prefeitura de Marabá deu todo apoio necessário para realização do evento, desde a infraestrutura, até o cuidado com a segurança e saúde dos participantes. “É a Primeira corrida organizada pelo Rotary Clube na campanha de combate da erradicação da poliomielite que o Rotary se comprometeu com a OMS de erradicar. Marabá entrou nessa campanha e queremos agradecer a participação de todos, dos atletas que são o principal, da Prefeitura que deu todo apoio, infraestrutura, desde de DMTU, Secretaria de Saúde, Secom. O mais importante é a conscientização”, destaca o secretário de Planejamento de Marabá, Karam El Hajjar.

A corrida teve um percurso total de 6 km. Carlos Eduardo Ramos, 37 anos, completou a corrida com 19 minutos 38 segundos e ficou 1º lugar”. “Agradecer pela vitória. Expectativa era alta, estou voltando agora a correr e achei a corrida bem organizada. Fico feliz com a vitória”, comemora. O engenheiro Ney Clésio, 34 anos, também celebrou o resultado da corrida. “Participar de uma corrida com um propósito tão nobre é muito legal e gratificante. Achei excelente, em um local que eu gosto de praticar esportes”, acrescenta.

Gilberto Ferreira, participando do Grupo Viva Mais ressalta a grande quantidade de corridas que vem ocorrendo recentemente na cidade. “Viva Mais participa de quase toda corrida de Marabá, mas damos prioridade para as corridas beneficentes, como a do câncer dia 24, da Apae, da doação de leite realizando pela Prefeitura através do Hospital Materno Infantil (HMI), e agora da poliomielite”.

A diretora do Rotary Club, Isabela Reis, ficou feliz com o resultado obtido e explica que o dinheiro arrecadado é utilizado na compra de vacinas para poliomielite no mundo todo. O valor da inscrição era de 50 reais. “Superou expectativa. Marabá comprou a ideia. Primeira corrida então a gente não imaginava que os kits fossem se esgotar tão rápido. Vamos fazer uma boa doação pra fundação que compra as vacinas de poliomielite para o mundo todo, inclusive as que são utilizadas aqui na cidade”, conclui.

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Paulo Sérgio e Jordão Nunes