Covid-19: 12 unidades básicas de saúde também fazem atendimentos de pacientes suspeitos

Os testes rápidos para a covid-19 só são realizados com pedido médico, em determinadas situações a doença pode ser detectada por vínculo epidemiológico familiar. Além disso, o teste rápido só detecta a doença com pelo menos oito dias dos primeiros sintomas

Para facilitar o atendimento de pessoas com suspeita dos primeiros sintomas da Covid-19, e oferecer oportunidade para que não se transforme em crise respiratória grave provocada pelo novo coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibiliza consultas nas unidades básicas de saúde (UBS), também conhecidas como postos ou centros de saúde, visando medicar antecipadamente o paciente dentro do protocolo de tratamento.

De acordo com Mônica Borchart, diretora do Departamento de Atenção Básica na SMS, 12 UBS estão atendendo pessoas com sintomas iniciais de Covid-19, no horário das 8 às 18 horas, mediante agendamento e os devidos cuidados de controle da pandemia, ou seja, uso de máscara e mãos higienizadas. Veja a lista abaixo.

A diretora da Atenção Básica informa ainda que, nos centros de saúde, são feitos o agendamento e consulta, enquanto os medicamentos para Covid-19 são retirados na Central de Medicação, localizada em frente ao Hospital Municipal de Marabá.

Vale lembrar que o Hospital Municipal de Marabá também realiza consultas de pessoas com suspeita de doença.

TESTES RÁPIDOS 

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que nem todas as consultas médicas de pessoas com suspeitas de covid-19 significam que será realizado o teste rápido, que só é feito seguindo um critério de avaliação médica, já que o uso do teste na fase inicial da doença não é recomendado. Ou seja, o teste rápido só atesta a doença depois de pelo menos oito dias dos primeiros sintomas.

“A ausência de sintoma, ou em sintomas na fase inicial não há uma recomendação de se fazer o teste porque ele não detecta covid-19 na fase inicial, ele detecta depois do desenvolvimento de anticorpos, então nesses casos o teste não é recomendado, mas sempre que há uma avaliação médica, mas nós estamos fazendo o teste, inclusive o aumentos dos casos confirmados no boletim oficial epidemiológico advém dos testes rápidos que estamos realizando”, declara o secretário de saúde Luciano Dias.

Outro critério que dispensa a testagem é o diagnóstico por vínculo epidemiológico, ou seja, quando pessoas de uma família testam positivo e demais integrantes demonstram sintomas da doença.

“O médico tem que avaliar se tem a necessidade de fazer o teste na pessoa porque ela pode ser diagnosticada com a covid-19 por um vínculo epidemiológico, não necessariamente com o teste, isso é um protocolo digamos nacional. Se numa família tem cinco pessoas, duas delas, que convivem com os outros, testam positivo, naturalmente os outros também testarão positivo, então esse vínculo inibe a realização do teste, ou seja, ela é diagnostica com a covid-19 positivo sem a necessidade do teste”, explicou o secretário de saúde.

Veja na lista a seguir as UBS e respectivas localizações:

UNIDADE DE SAÚDE ENDEREÇO
01 AMADEU VIVACQUA RUA MAGALHAES BARATA – SÃO FELIX II
02 DEMOSTHENES AZEVEDO RUA 27 DE MARÇO – VELHA MARABÁ
03 MARIA BICO DOCE RUA DUQUE DE CAXIAS – SÃO FÉLIX PIONEIRO
04 ENFERMEIRA ZEZINHA FOLHA 23 – QUADRA ESPECIAL – NOVA MARABÁ
05 CARLOS BARRETO AVENIDA TOCANTINS – MORADA NOVA
06 HIROSHI MATSUDA FOLHA 11 – NOVA MARABÁ
07 JAIME PINTO RUA DR. GENI – NOVO HORIZONTE
08 JOÃO BATISTA BEZERRA RUA SILVINO SANTIS – SANTA ROSA
09 LARANJEIRAS RUA DOS GAVIÕES, 23 – LARANJEIRAS
10 EMERSON CASELLI RUA PAULO FONTELES – LIBERDADE
11 MARIANA MORAES RUA C, QUADRA E, KM 7 – NOVA MARABÁ
12 CRISMU FOLHA 33 – NOVA MARABÁ

Texto: João Batista
Foto: Paulo Sérgio (central de medicação)

Acessibilidade