Covid-19: Cumprindo protocolo, vítimas da doença serão sepultadas sem funerais

Um novo protocolo está sendo adotado no município para os óbitos de pessoas com confirmação do novo coronavírus, ou ainda com suspeita da covid-19. A decisão foi tomada em uma reunião realizada na manhã desta terça-feira (5), no gabinete da Prefeitura de Marabá, com a presença de representantes da SDU (Superintendência de Desenvolvimento Urbano), SSAM (Serviço de Saneamento Ambiental) e agentes funerários. Sendo assim as vítimas com suspeita de covid-19 ou confirmadas com a doença serão enterradas imediatamente, logo que saírem das unidades hospitalares.

Segundo o superintendente da SDU, Mancipor Lopes, o novo protocolo de enterro imediato dos contaminados com coronavírus ou com suspeita, se faz necessário para preservação da integridade dos funcionários de hospitais, funerárias, do cemitério e ainda familiares.

“Devido ao momento que estamos passando, como é sabido de todos, com a pandemia da covid-19,  Marabá não é diferente dos outros centros, tivemos um aumento acima do normal no número de mortes. Portanto, temos de dar uma atenção diferenciada para as vítimas de covid-19 ou com suspeita. Os corpos dessas vítimas serão retirados imediatamente dos hospitais para o cemitério”, explica Mancipor, afirmando que, anteriormente a prefeitura estava enfrentando um problema na demora para que se procedesse a retirada do corpo da unidade hospitalar até o efetivo sepultamento.

Não apenas no Brasil, mas em qualquer país, independente dos rituais de funeral, estes estão sendo descartados, uma vez que, percebeu-se um número elevado de contágio após os funerais.

Texto: Emilly Coelho
Fotos: Alessandro Viana

Acessibilidade