Covid-19: Reunião com representantes dos supermercados reitera medidas de combate ao vírus

(21 de dezembro de 2020)

Entre a principal cobrança está a manutenção da capacidade máxima de 70% para os estabelecimentos. Além de outras medidas efetivas

Na manhã desta segunda-feira (21) o Comitê de enfrentamento ao Coronavírus se reuniu com representantes dos supermercados da cidade para reiterar as medidas de restrição e combate ao Coronavírus que devem ser adotadas durante este fim de ano.

Participaram da reunião representantes da Divisa, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), Secretaria de Municipal de Segurança Institucional (SMSI) e Polícia.

Entre a principal cobrança está a manutenção da capacidade máxima de 70% para os estabelecimentos. Além de outras medidas consideradas efetivas, como a higienização dos carrinhos, o uso de álcool em gel e a obrigatoriedade de máscara.

“Pedimos que limitem a quantidade de carrinhos em 70%, as vagas no estacionamento. São formas de garantirem que não haja a lotação e limite o fluxo dos clientes. Nós flexibilizamos as medidas com o tempo por causa do recuo da doença. Mas ela voltou a atacar e é necessário que os estabelecimentos reforcem essas medidas novamente”, comenta Daniel Soares, Coordenador da Divisa.

Walmor Costa, chefe de gabinete do prefeito, explica que não há nenhuma tentativa de retroceder nas medidas restritivas, apenas garantir que se cumpra o que já está em decreto. “Não queremos voltar para 50%, nem multar ninguém. Queremos garantir que a saúde de todos seja preservada e que se cumpra o que já foi estabelecido”, conclui.

 

Texto: Osvaldo Henriques