COVID-19: Segunda fase do mapeamento do Ibope começa dia 4 de junho

Começa no próximo dia 4 e vai até o dia 6 de junho, a segunda fase do mapeamento do Ibope Inteligência, que visa estimar o real número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Brasil. O resultado da primeira fase do estudo executado pela Universidade Federal de Pelotas – RS (UFPel) e financiado pelo Ministério da Saúde, foi divulgado nesta terça-feira (26) e trouxe resultados inéditos. Marabá aparece entre os 133 municípios pesquisados em todo o país, como a 8ª cidade com maior proporção da população em produção de anticorpos, o equivalente a 8,3%. Os pesquisadores concluíram 25.025 entrevistas e testes para o coronavírus, onde foram sorteados setores censitários em todo o Brasil.

As pessoas com proporção de anticorpos, são aquelas que já tiveram ou ainda têm a COVID-19, uma vez que, nos primeiros dias que o indivíduo adquire a infecção, o organismo começa a tentar vencê-la, o que varia de 3 a 10 dias. Nesta fase o organismo não produz anticorpos da doença. Os testes utilizados no mapeamento referem-se à detecção de anticorpos, onde só sinaliza positivo, após a produção de anticorpos pelo organismo.

No caso de Marabá significa que 8,3% da população possuem anticorpos, quem já teve ou ainda tem a doença, porém se encontra na fase final da infecção. Os dados do EPICOVID19-BR estimam que, para cada caso confirmado de coronavírus, existem 7 casos reais na população.

Das 15 cidades apontadas com maior prevalência de anticorpos na população, 11 são da região Norte, incluindo Marabá. De acordo com a Universidade Federal de Pelotas, na cidade de Breves (PA), a proporção da população que tem ou já teve coronavírus foi estimada em 24,8%, ou seja, cerca de 25 mil dos 103 mil habitantes da cidade estão ou já estiveram infectados. Marabá aparece em 8° lugar nesse ranking, trocando em miúdos, segundo a pesquisa, significa que dos 285 mil habitantes cerca de 23.600 tiveram o resultado positivo de anticorpos para o coronavírus.

O EPICOVID19-BR também avaliou o grau de cumprimento da população com as medidas de distanciamento social. O Pará aparece com o percentual de 61,7% da população cumprindo o distanciamento social. Relembrando que a próxima fase do estudo acontece no município de 4 a 6 de junho. Os dados da primeira fase do estudo são referentes ao período de coleta de (14 a 21 de maio) e foram obtidos diretamente por meio das respostas dos participantes ao questionário aplicado pelos pesquisadores.

PESQUISA

Pesquisadores do Ibope, participantes do projeto, foram a campo com equipamentos de proteção individual e fizeram 25.025 entrevistas. Aplicaram também testes rápidos para o coronavírus em 132 municípios de todos os estados do país, além de Marabá, incluindo o Distrito Federal.

Texto: Emilly Coelho, com informações da Universidade Federal de Pelotas
Foto: UFPel (Divulgação) 

Acessibilidade