Covid-19: SSAM higieniza espaços públicos e privados

No intuito de reduzir os riscos de contaminação do novo coronavírus, a Prefeitura, por meio do Serviço de Saneamento Ambiental (SSAM), realiza a higienização de ruas e espaços com maior aglomeração de pessoas.

O trabalho está sendo feito em duas frentes. Uma com o emprego de caminhão pipa, e a outra com a utilização de uma bomba costal motorizada. Para a pulverização é usada uma mistura de água com hipoclorito de sódio dissolvido na água, que tem mostrado eficiência na eliminação do vírus nas superfícies.

João Luz da Silva, responsável pelas frentes, explica que, desde o dia 4 de maio, a higienização passou a ser feita por equipes específicas, assim, a maior parte do trabalho acontece no período noturno. No entanto, durante o dia, nas segunda, quarta e sexta-feiras, a limpeza acontece no Hospital Municipal de Marabá (HMM). “Ao todo, a equipe leva 9 dias para terminar um ciclo por toda a cidade e recomeça novamente, até o último ponto que é Morada Nova”, explica João da Luz.

Esta semana, houve a pulverização na passarela na Rodovia Transamazônica. A higienização com hipoclorito borrifado é feita tanto em espaços públicos, quanto privados. O importante é priorizar os locais onde há grande movimentação de pessoas, a exemplo, o centro comercial, ruas com grande fluxo, rodoviárias, pátios de supermercados, bancos, casas lotéricas e repartições públicas.

Marcos Moreira, diretor de expansão do SSAM, enfatiza que o serviço do caminhão pipa, que faz a lavagem desses locais, tem priorizado as paradas de ônibus, sobretudo às próximas ao HMM, praças, rodovias e calçadas de prédios públicos.

Veja outras fotos: 

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Jordão Nunes e Sérgio Barros 

Acessibilidade