CULTURA: OBRA DO PALACETE AUGUSTO DIAS FOI RETOMADA E SERÁ ENTREGUE EM FEVEREIRO DE 2018

Uma das edificações mais antigas da cidade (década de 1930), construída para abrigar a administração do município e, posteriormente, sedou a Câmara Municipal de Marabá, o Palacete “Augusto Dias” teve a restauração retomada com o objetivo de receber o acerco do Museu Histórico Municipal, coordenado pela FCCM – Fundação Casa da Cultura de Marabá. A ordem de serviço, assinada agora no fim de setembro, prevê a entrega daquele prédio em fevereiro de 2018.

Segundo Bruno Castanheira, engenheiro civil da Sevop, responsável pela fiscalização da reforma do Augusto Dias, aquela obra, no valor total de R$ 1.613.337,17, foi relicitada e tem prazo de cinco meses, a contar da data de assinatura da ordem de serviço. Esse recurso provém de convênio firmado entre a Prefeitura de Marabá e Alpa – Aços Laminados do Pará.

A restauração compreende, dentre outros quesitos, a reforma predial, no valor de R$ 1.249.951,61; e implantação de sistema de climatização, no valor estimado de R$ 363.385,36. Quanto à parte predial, foram iniciados os acabamentos internos. Enquanto os aparelhos de climatização já começam a ser instalados.

Ainda no que se refere à reforma do prédio, estão inclusos serviços preliminares (limpeza de superfícies, tapume), paredes divisórias, revestimentos, rodapés, soleiras e peitoris; pavimentação, portas e janelas; iluminação; serviços e aparelhos hidro sanitários e de drenagem; instalação de equipamentos de irrigação para a praça do entorno; pintura e outros detalhes.

De acordo com Vanda Américo Gomes, presidente da FCCM, serão transferidas para o Palacete Augusto Dias a coordenação do Museu Municipal, a pinacoteca, parte do Arquivo Público e acervos de geologia (minerais da região) e de arqueologia (vestígios dos primeiros habitantes da região), dentre outros.

ACESSIBILIDADE
X