Cultura: Prévia do Gaiola das Loucas aquece comemoração de 30 anos do bloco em Marabá

Axé, sertanejo, funk, samba. Mistura de ritmos que não deixou ninguém parado no Esquenta do Bloco Gaiola das Loucas, que aconteceu neste sábado (09), na Praça Central do Bairro Novo Horizonte. A programação é uma prévia para chamar o folião pra rua, já que oficialmente o carnaval começa no início de março com arrastão do Gaiola das Loucas previsto para o dia 05, como explica um dos organizadores da festa, chefe Evaldo Almeida.

“No dia teremos um palanque maior, melhor estrutura de som que a Prefeitura está nos proporcionando, vamos tentar trazer uma atração de fora que ainda é surpresa, além do tradicional arrastão da gaiola, e depois uma festa no corredor da folia até altas horas, conforme licença ambiental da prefeitura”, garantiu.

Falando em estrutura e apoio, o Esquenta contou com agentes da guarda, do Departamento Municipal de Trânsito e da Postura da Guarda, além da presença de muitos policiais militares. O vendedor de bebidas, Sérgio Ricardo Sousa, que trabalha há oito anos no carnaval, elogiou a organização.

“Cada ano que passa aumenta a organização, está de parabéns a coordenação, a postura, o DMTU, a Polícia Militar”, disse.

2019 é emblemático para o Gaiola das Loucas que completa 30 anos. Chefe Evaldo explica que a brincadeira começou bem antes, mas oficialmente o bloco completa três décadas. No ano passado, segundo a organização, 20 mil brincantes participaram do arrastão, agora a expectativa é chegar aos 30 mil foliões. O bloco conta com parceria da Prefeitura de Marabá por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

“Isso foi uma brincadeira de meia dúzia de amigos que surgiu no bairro do Amapá e foi crescendo. Hoje o Gaiola nada mais é que um dos maiores blocos do Estado do Pará. O nome foi inspirado em um filme, como se tratava de homem vestido de mulher, era importante que a gente tivesse uma marca e ai escolhemos a gaiola”, relatou o carnavalesco.

DJ Uan Hifi e sons automotivos com prévia autorização e organização animaram a festa dos foliões como o universitário Ismael Facuri.

“Todo ano eu estou aqui. É uma festa muito boa que todo mundo curte e estão de parabéns pela organização. No dia 5 eu virei fantasiado de Fred Mercury porque sou muito fã e representa toda a comunidade LGBT”, afirmou o estudante.

A brincadeira alegrou também quem veio pela primeira vez, como a instrutora Silvana Miranda, que trouxe o marido e alguns amigos.

“Eu já moro na cidade há algum tempo e esse ano me deu vontade de vir, está muito bom, bem seguro, muita gente bonita. Com certeza já estou preparando outra fantasia para o dia. Ainda não sei se venho de roqueira ou de fada”, brincou.

Arrastão

Relembrando que o Arrastão do Bloco Gaiola das Loucas é no dia 05 de março com concentração na Praça do Novo Horizonte. A saída está prevista para às 16 horas com percurso estimado de uma hora pelas ruas do bairro Cidade Nova, com proibição de carros e motos durante o trajeto. Depois os foliões continuam a festa na praça com previsão de três trios elétricos, corredor da folia e palco com DJ e bandas.

Texto: Kélia Santos

ACESSIBILIDADE
X