Defesa Civil: Novas cestas básicas são entregues aos desabrigados

As ações programadas em atenção às pessoas afetadas pelas cheias dos rios Tocantins e Itacaiunas estão sendo realizadas em parceria entre as Defesas Civis Municipal e Estadual com objetivo de atender integralmente as 4.819 famílias que, direta ou indiretamente, foram atingidas pela enchente.

O Governo do Estado encaminhou duas mil cestas básicas de alimentos. Durante a semana, foram distribuídas 500 e neste final de semana e início da outra semana serão distribuídas mais de 1500 cestas básicas.

“As cestas serão para as famílias que estão desalojadas e desabrigadas, para isso checamos os dados das famílias a partir das informações da Defesa Civil do município. Vamos entregar por bairros atingidos para evitar aglomeração de pessoas por conta do novo coronavírus” explicou o Tenente-Coronel Lelis Pojo, da Defesa Civil do Estado, que enfatizou a realização de outras ações.

“Serão realizadas outras ações da defesa civil do estado a partir de requerimento do município como kits humanitários e um auxílio financeiro que poderá ser fornecido mediante cadastro da defesa civil do município”, informou.

De acordo com Jairo Milhomem, coordenador da defesa civil municipal, o órgão já realizou o atendimento às 4.819 famílias que tiveram suas residências invadidas pela água dos rios Tocantins e Itacaiunas.  A maior parte das famílias é da Marabá Pioneira. A prefeitura construiu 15 abrigos com toda infraestrutura básica, como banheiros químicos, água e atendimento médico e de enfermagem.

“Todas as famílias que procuraram a defesa civil foram atendidas, auxiliamos ás famílias com construção de abrigos, caminhões do Exército, Corpo de Bombeiros e da prefeitura e embarcações, tivemos 10 embarcações, 25 caminhões, sem falar da mão de obra do Exército, corpo de bombeiros e secretarias como a Sevop [obras] e Ssam [saneamento ambiental], ” explicou Milhomem, destacando que a prefeitura disponibilizou 1700 cestas básicas de alimentos para distribuição entre as famílias atingidas pela enchente.

“Recebemos 1700 cestas básicas e distribuímos entre as famílias carentes atingidas, se foi atingida e recebeu apoio tem direito as cestas básicas, mas preferencialmente as famílias que estão nos 15 abrigos oficiais da prefeitura”, disse. .

Texto: Victor Haôr 
Foto: Arquivo

Acessibilidade