Dezembro vermelho: CTA/SAE promove 1º Passeio ciclístico em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a Aids

(30 de novembro de 2020)

As inscrições para o 1º passeio ciclístico podem ser feitas on-line e as vagas são limitadas

Em Marabá, o Dia Mundial de Luta contra a Aids será lembrado de uma forma diferente em 2020. Com pedaladas de um núcleo a outro da cidade. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Centro de Testagem e Aconselhamento/Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE) realizará no domingo, dia 06 de dezembro, o 1º Passeio ciclístico em alusão a data, marcando assim a abertura oficial da campanha Dezembro Vermelho no município.

De acordo com Katiane Chaves, gerente do CTA/SAE, com o lema: “Todos na luta contra AIDS”, a ação tem como objetivo chamar a atenção para importância da prevenção e diagnóstico precoce do HIV/AIDS.

“O Dezembro Vermelho visa alertar a população sobre a Aids e conscientizar sobre a importância da sua prevenção, não só dessa doença, mas de outras infecções sexualmente transmissíveis. Além disso, campanha busca informar as pessoas sobre a necessidade de combater o estigma e discriminação, despertar para a importância da prevenção, diagnóstico precoce e adesão ao tratamento. Todos na luta contra Aids e contra todo e qualquer tipo de preconceito. A vida é mais que Aids”, enfatiza a gerente.

O percurso do passeio ciclístico será de aproximadamente 15 quilômetros. A largada acontecerá às 06h30 na Praça da Prefeitura com destino a Praça São Félix de Valoís, na Velha Marabá. A concentração está marcada para mais cedo, às 06h da manhã. O grupo Maravilhosas do Pedal já confirmou presença na ação. A equipe conta com aproximadamente 50 membros em apenas 1 ano de fundação.

“O nosso grupo tem apoiado bastante essas causas porque na verdade a gente tem essa responsabilidade, de passar o quanto o esporte é importante para vida das pessoas, de chamar atenção para a prevenção, para o diagnóstico precoce e orientação mesmo. O esporte acaba prevenindo vários tipos de doenças, doença, depressão, câncer e acaba contribuindo muito para o tratamento das doenças”, ressalta Jaciara dos Santos Cabral, integrante do grupo Maravilhosas do Pedal.

As inscrições para o 1º passeio ciclístico podem ser feitas por meio do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdddJwR4earp7eyenfGMDFKO_TUfcof1cI9stFF2_p78Vevkw/viewform. As vagas são limitadas, apenas 50 disponíveis ao público em geral.

Dezembro Vermelho

O Dezembro Vermelho é um período voltado para a conscientização da população sobre a importância da prevenção e o tratamento precoce do HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), causador da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), mas também, de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), bem como as Hepatites Virais.

Além do passeio ciclístico, o CTA/SAE desenvolveu uma programação especial para todo o mês de dezembro. A programação itinerante vai iniciar no dia 05, com realização de testagens rápidas, aconselhamentos e distribuição de preservativos nos bairros de Marabá. O primeiro local a receber a equipe será o bairro Liberdade, com concentração na praça do bairro. “O objetivo é alcançar o público em geral. Daremos sequência durante todo o mês, todos os fins de semana. Após o bairro Liberdade, iremos para a Cidade Nova e, posteriormente, na Nova Marabá”, explica Katiane Chaves.

Ainda de acordo com a gerente, os locais definidos foram escolhidos estrategicamente através do perfil epidemiológico, com o intuito de alcançar o público, que não chega ao CTA/SAE. “Temos como visão de estratégia, trabalhar justamente nos pontos críticos, no sentido de adesão à testagem e da promoção da prevenção das IST’s, HIV/Aids e Hepatites Virais”, enfatiza Katiane.

Atualmente, o CTA/SAE conta com cerca de 3 mil pessoas cadastradas no programa HIV/Aids. Os usuários são de Marabá e de municípios vizinhos, já que a cidade é referência no serviço. Dados coletados pelo centro revelam que só entre janeiro e outubro de 2020, foram identificados 200 casos novos. A infecção ainda predomina no sexo masculino, um total de 123 registros, sendo 69 de Marabá. Quanto às mulheres, há 39 novos casos somente aqui no munícipio.

Devido à pandemia do novo coronavírus, os atendimentos realizados no CTA/SAE foram reduzidos, passando de 70 para 50 atendimentos diários. As senhas são entregues  pela manhã, às 7h, de segunda à sexta-feira. Os atendimentos são de distribuição de preservativos, consulta ambulatorial, realização de exames (HIV, Sífilis, Hepatites Virais, entre outras), carga viral e dispensação médica.

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Arquivo