EDUCAÇÃO: ALUNOS DA ESCOLA CRISTO REI VIVEM NOVA FASE DE ÂNIMO E APRENDIZAGEM, APÓS INAUGURAÇÃO

Novo espaço amplo e ventilado, oferece às crianças quadra esportiva, refeitório, laboratório de informática e sala de leitura.

A rotina dos alunos da Escola Municipal Cristo Rei, no Bairro Jardim União, tem sido diferente em todos os aspectos desde a inauguração do novo prédio, em abril deste ano. O ânimo e entusiasmo é percebido do rosto de Kethely Silva Araújo, 11 anos, estudante da escola Cristo Rei, desde o antigo prédio.  A menina do 6º ano disse que gosta muito da escola, principalmente pela nova ventilação. “Na outra escola tinha apenas três ventiladores, eu gosto de tudo aqui”, afirma a menina.

Já para o pequeno Ian Pablo da Silva, o espaço mais amplo dá para brincar à vontade no intervalo. Por outro lado, Maria das Graças, está encantada com os novos projetos dos quais participa atualmente. “Antigamente a gente não tinha aula de capoeira, como incentivo, balé e xadrez”, enfatiza a estudante.

A escola Cristo Rei, conta com 10 salas de aula, quadra esportiva, refeitório, laboratório de informática, além de um prédio administrativo com seis salas. Mas o lugar preferido dos alunos tem sido a sala de leitura. A aluna Allany Kelly lembra que antes o lugar era utilizado também para as refeições.

O aluno Wesley Souza, descreveu um cenário de benefícios. “As salas são boas, as cadeiras são confortáveis e o ensino de qualidade, o refeitório também é bom, tem mesas e cadeiras bonitas”, ressaltou o pequeno de 11 anos.

Para os docentes a realidade não é diferente, a professora Ilza Maria Costa trabalha há 10 anos na escola e sabe o quanto as coisas tem mudado por lá. “Melhorou a questão do espaço, a outra escola era num prédio alugado, era pequena, agora é bem mais ampla e ventilada”, discorreu a docente.

De acordo com Edilene Souza, a coordenadora pedagógica da escola, aproximadamente 640 alunos estudam no espaço. As turmas são distribuídas entre o primeiro segmento do ensino fundamental, (1º ao 5º ano) e o segundo segmento, são seis turmas do 6º ano.

“Hoje é oposto da antiga escola, até mesmo na demanda de aluno. Hoje nós temos condições melhores de trabalho, temos sala de leitura ampla e climatizada, eles gostam muito de estar na sala de leitura. Temos diversos projetos e esses projetos tem sido motivador para nossos alunos”, finaliza a educadora.


 
 

 

 

Acessibilidade