Educação: Escolas de Marabá começam a realizar prova do SAEB

O Saeb é o principal instrumento de avaliação da qualidade de ensino no país e um dos critérios para o Ideb da escola e do município.

Turmas do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental de Marabá começaram a realizar, nesta segunda-feira, 21, a prova do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), que foi preparada e aplicada por orientação do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). As avaliações seguem durante esta semana e só encerram no dia 1º de novembro.

O Saeb é o principal instrumento de avaliação da qualidade de ensino no país. As notas do exame, mais os dados como aprovação, reprovação, abandono escolar, resultam no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da escola e do município.

A secretária municipal de Educação, Marilza Leite, observa que a participação dos alunos nas avaliações é muito importante para que os resultados finais revelem o cenário real da aprendizagem. “Todos os alunos matriculados nos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental de nossas escolas estão fazendo as provas de Língua Portuguesa e Matemática, tanto na cidade quanto no campo”, explica Marilza.

Marilza faz um apelo aos pais, observando que é muito importante que eles motivem os seus filhos a participarem das provas e que os professores, gestores e toda a população marabaense se envolvam em torno deste valioso processo avaliativo. “Estamos fazendo este chamado para que a prova SAEB alcance 100% de participação dos estudantes marabaenses”, afirmou.

Nesta segunda-feira (21), fizeram a prova do Saeb em Marabá alunos das escolas Faixa Linda, Castro Alves, Geraldo Luiz Gonzaga, Pedro Vale. Hoje, terça-feira, é a vez dos estudantes das escolas Airton Senna, Escola Família Agrícola (EFA), Professor Adão Machado, Rui Barbosa e Tapirapé.

Questionários

Faz parte da avaliação do Saeb a aplicação de questionários contextuais para gestores e secretários municipais e estaduais de educação. Nesta edição, o Inep desenvolveu o formulário em modelo digital, que teve o link enviado por e-mail para 94 mil destinatários, incluindo os 3 mil diretores da educação infantil. Estudantes e docentes também respondem aos questionários socioeconômicos, no formato de papel, no mesmo período das provas, que serão aplicadas até 1º de novembro.

 

Texto: Ulisses Pompeu
Foto: Magno Barros

ACESSIBILIDADE
X