Educação: SEMED promove encontro entre professores de Língua Portuguesa

Evento visa instrumentalizar educadores para estimularem alunos a participarem do ConRede e Olimpíada de Língua Portuguesa

Nesta quarta-feira, dia 5, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) realizou o I Encontro Formativo do III Concurso de Redação e Desenho da rede municipal de ensino (ConRede) e da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa. O evento foi realizado no Plenarinho da Câmara Municipal e contou com dezenas de professores da disciplina que trabalham com turmas do 6º ao 9º ano.

Na abertura, o diretor de Ensino Urbano da Semed, Fábio Rogério Rodrigues Gomes, deu boas vindas aos participantes e enalteceu o trabalho que os educadores têm realizado em sala de aula, em especial os que desenvolvem projetos que mobilizam os alunos e até mesmo a comunidade, promovendo a leitura e escrita.

Fábio Rogério antecipou que no dia 5 de dezembro deste ano, a SEMED vai realizar, pela segunda vez, a entrega de premiação para as experiências exitosas que estão sendo realizadas no ambiente escolar, com o concurso de Redação e Desenho, ConRede e até mesmo os que se destacarem na Olimpíada de Língua Portuguesa, premiando professores e alunos. “Discutimos com nossa equipe uma forma de promover uma interface entre ConRede e Olimpíada, com o objetivo de interferir o mínimo possível com a dinâmica do trabalho de vocês”, disse Fábio.

A professora doutora em Letras Patrícia Aparecida Romano, que atua na Unifesspa (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará) ministrou palestra sobre a construção de memória literária no texto narrativo, mostrando como esse gênero textual pode ser trabalhado em sala de aula.

À tarde, o jornalista e professor de Língua Portuguesa Ulisses Pompeu, compartilhou sua experiência como cronista, mostrando a ambientação local de sua produção e o uso proposital da linguagem informal.

Segundo a professora Kênia Monteiro, coordenadora da Formação de 6º ao 9º ano da SEMED, também organizadora do encontro, o momento foi bastante oportuno para que os professores trocassem experiências e tirassem suas dúvidas, de forma a se prepararem melhor para desenvolver as habilidades dos alunos nas práticas de leitura e escrita no trabalho com os gêneros memórias literárias e crônica em sala de aula. “Foi muito satisfatório perceber o compromisso e seriedade com que os professores participaram da formação. Isso denota que estamos caminhando para alcançar resultados maiores e melhores na educação de nosso município”, prevê ela.

Texto e Fotos: Ulisses Pompeu

 

ACESSIBILIDADE
X