EQUIPE DO PLANO DIRETOR ABRE SÉRIE DE AUDIÊNCIAS NOS BAIRROS DA CIDADE

(10 de maio de 2017)

 

Elaborado em 2006, o Plano Diretor Participativo de Marabá passa pela sua primeira revisão, iniciada ainda em 2016. Agora, já na fase de oficinas de escuta à comunidade, a equipe consulta hoje (10) à tarde, na Escola Martinho Mota, representantes da Nova Marabá, com objetivo de conhecer os anseios da população e entender quais assuntos mais afetam o dia a dia do cidadão marabaense.

Segundo Karam El Hajjar, secretário de Planejamento, o Plano Diretor Participativo deve ser revisado a cada dez anos. Porém, a revisão iniciada ano passado teve de ser interrompida devido ao período eleitoral e reiniciada em janeiro deste ano.

As consultas públicas começaram pela Câmara Municipal (CMM) e Ministério Público do Estado e agora à comunidade em geral, por núcleo habitacional. Em seguida, as informações serão consolidadas e formatadas uma minuta que será levada a apreciação de uma audiência pública. Depois segue para aprovação da CMM e respectiva sanção do prefeito.

De acordo com Mayanne Micaelli, coordenadora do Plano Diretor, as consultas obedecem à quatro eixos temáticos: Habitação (programas habitacionais, habitação em área de risco, ocupações irregulares, programas de acesso à cultura, segurança pública, iluminação pública e áreas verdes). Transporte (transporte coletivo público, condições das vias, circulação).

E ainda, Saneamento (qualidade e abastecimento de água, esgoto, coleta de lixo); e Desenvolvimento Econômico e Social (área de lazer, emprego, acessa a serviços básicos, educação e saúde).