FCCM: I Cantata de Natal emocionou marabaenses na Marabá Pioneira

(18 de dezembro de 2020)

Ao som de instrumentos musicais da Banda Waldemar Henrique e na voz de Rute Freitas, professora da Fundação Casa da Cultura de Marabá (FCCM), o museu Municipal Francisco Coelho e a FCCM presentearam os marabaenses com dois dias de melodias natalinas, que inspiram amor, paz e fraternidade. A I Cantata de Natal aconteceu na quarta e quinta-feira, (16 e 17), às 19h, na área externa do museu e encantou quem passava pelo local. O espetáculo foi transmitido ao vivo pelas redes sociais do museu e da Casa da Cultura.

A professora Izabel Costa, 63 anos, era uma das espectadoras. Para ela, a cantata trouxe paz e esperança diante do momento atípico. “Tô achando muito bonito, estão tocando maravilhosamente. É muito importante para o momento em que nós estamos vivendo de pandemia, em que as famílias estão em casa, com parentes doentes. Isso levanta a autoestima e faz com que esse espírito de Natal esteja presente, mesmo que estejamos passando por esse período de pandemia. maravilhoso! Nota 1000”, elogiou a professora.

Izabel Costa

As apresentações duraram 30 minutos, em cada dia. Devido à pandemia, a banda estava composta apenas por professores e monitores, regidos pelo maestro Lameque de Matos Farias. “Fizemos um repertório de músicas natalinas, feito com carinho para vocês. Temos conosco no grupo aqui a parte de cordas, um baixo acústico e dois violoncelos”, destaca.

Lameque Matos

Marlon Prado, presidente da FCCM, lembra que neste período a escola de música da fundação normalmente apresenta um recital de natal, devolvendo à comunidade os resultados do trabalho feito com os alunos o ano inteiro, mas diz que a Cantata veio pra suprir esse evento natalino. “Infelizmente não pudemos trazer toda a banda, mas foi maravilhoso, as músicas natalinas são emocionantes. Vi várias pessoas se emocionando. Tivemos de cancelar, infelizmente, o nosso recital, que a Casa da Cultura oferece para a comunidade, mas decidimos vir e fazer essa apresentação. Não teria outro local pra gente fazer essa primeira Cantata de Natal”, afirma o presidente da FCCM.

Marlon Prado

Wania Gomes, diretora do museu municipal, ressalta que a cantata marca o último evento de 2020 na casa. E que a apresentação de fim de ano teve de ser readequada.  “Nós pensamos em fazer uma Cantata Natalina à altura do que a nossa cidade merece, mas diante da pandemia, a gente não poderia deixar de obedecer ao distanciamento. Mas é com muito carinho que a Fundação apresenta a banda Waldemar Henrique, dando grande espetáculo e ficamos muito felizes em dar esse presente para Marabá”, enfatiza.

Wania Gomes

A primeira apresentação, na quarta-feira, aconteceu de frente para a Catedral. Já no segundo dia, a banda se organizou em frente à praça Duque de Caxias.

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Aline Nascimento 

Veja a galeria: