Feriado de aniversário de Marabá marcou Dia “D” da Família na Escola    

(6 de abril de 2017)

 

O feriado de 5 de abril, aniversário de Marabá, foi dia letivo em todas as escolas da rede municipal de ensino. E as escolas aproveitaram a data para realizar o Dia D da Família na Escola. Apresentações culturais e discussões sobre a importância de os pais e responsáveis manterem uma rotina de presença na escola pautaram as atividades do dia.

O secretário adjunto de Educação, Orlando Morais, visitou algumas escolas no feriado e ministrou palestra na “Miriam Moreira”, na folha 8, e ainda na “Fátima Gadelha”, na Folha 29, onde houve apresentações de projetos pedagógicos com participação direta dos alunos.

Morais destacou que a escola e a família formam uma equipe e que é fundamental que ambas sigam os mesmos princípios e critérios, bem como a mesma direção em relação aos objetivos que desejam atingir. “Mesmo tendo objetivos em comum, cada uma deve fazer sua parte para que atinja o caminho do sucesso, que visa conduzir crianças e jovens a um futuro melhor. O ideal é que família e escola tracem as mesmas metas de forma simultânea, propiciando ao aluno uma segurança na aprendizagem de forma que venha criar cidadãos críticos capazes de enfrentar a complexidade de situações que surgem na sociedade”, disse o secretário adjunto.

Entre as ações da Escola Anísio Teixeira, no bairro Cidade Nova, foi desenvolvido o projeto intitulado “Um olhar contemplativo de Marabá”. Segundo a professora Célia Lemos, foi desenvolvido um trabalho de oficina da escrita com diversidade de gêneros: fotopoemas, poemas, paródias, crônica, pintura, reportagem e notícias, artigo de opinião e fotografia. Um estudante fez paródia com uma música que se tornou sucesso na escola, mostrando a realidade atual de Marabá.

Na Escola Elinda Simplício Costa, no Bairro Laranjeiras, um dos focos foi o projeto “Vereador Mirim”, do qual vários estudantes da instituição participaram de um projeto da Escola do Legislativo de Marabá, em que estudantes passaram vários meses entre a escola e a Câmara aprendendo como é o trabalho de um legislador.

ASCOM – PMM