Gestão: Comunidade do P.A Santa Rita ganha nova escola reformada e ampliada

Com grande participação da comunidade, no P.A Santa Rita, zona rural de Marabá, distante dezesseis quilômetros do núcleo urbano, foi inaugurada a nova escola com mesmo nome da localidade. O prédio foi completamente reformado e ampliado, sendo construída mais uma sala de aula e área para as atividades recreativas das crianças.

A escola Santa Rita tem uma história que remonta a história dos primeiros agricultores da área. Raimundo Viana é um dos primeiros moradores do projeto de assentamento e doou o terreno para construir a escola. Ele conta que juntamente com outros moradores carregaram todo o material para levantar uma pequena casa onde as crianças estudavam. “A escola que existia era uma casinha de madeira, nós conseguimos o material através de doações e construímos a partir de um mutirão a primeira escola para nossa comunidade”, relembra.

A escola Santa Rita, atualmente tem duas salas de aulas trabalhando com ensino fundamental de 1° ao 9° ano. Hoje, há matriculados 83 alunos, sendo que 80% deles utilizam o transporte escolar regularmente.

Alunos como Lucas Gabriel Araújo, 13 anos, estudante do sétimo ano do fundamental, conta que antes nem as carteiras eram suficientes para atender todos os alunos. “Antigamente a gente estudava e não tinha quase nem carteiras, muitos ficavam em pé e as carteiras quebradas e nem sala tinha para estudar direito, estudávamos numa barraca aqui perto e hoje estamos recebendo esta nova escola, eu não tenho palavras para definir”, relata.

Samira Lopes dos Santos, 13 anos, diz que a escola é muito boa e que achou melhor a ampliação, pois aumentou bastante o número de alunos e melhorou muita coisa. ”Aqui muitos alunos ficavam na porta da escola por falta de espaço e agora não, temos novas carteiras, novos espaços, tudo mudou bastante e para melhor”, descreve.

Durante a cerimônia foi feita uma apresentação musical de um casal de alunos da escola, Maria Eduarda e Lucas Gabriel, que emocionou todos os convidados. Para a professora Marilza Leite, secretária de educação, inaugurar escolas sempre é um momento de emoção e satisfação em poder atender a todas as crianças. “Estamos extremamente felizes. É uma tarefa bastante prazerosa inaugurar escolas. Esta escola tinha um atendimento precário na sua segunda turma que estava praticamente debaixo de uma árvore e agora estamos inaugurando a reforma e a ampliação e vemos a satisfação dos alunos e dos pais dos alunos”, comenta.

A EMEF Santa Rita foi fundada em 1999 e inaugurou o prédio próprio com uma sala de aula em 2015. Tem cinco funcionários, sendo a equipe gestora composta pelo professor Idelmar Silva Santos na coordenação pedagógica e o professor Arildo Itale na gestão escolar. “Hoje está mudando tudo, novo prédio, novos móveis e com isso aumente ainda mais nossa responsabilidade, principalmente em relação a educação. Trabalhar com educação na zona rural é um desafio porque tudo se torna mais difícil, mas quando se faz com amor e dedicação tudo dá certo”, finaliza o gestor da escola.

A professora Valdirene Campos, diretora de ensino do campo, destacou o avanço que está acontecendo em relação à educação na zona rural do município, tanto de ordem pedagógica, quanto de infraestrutura com inaugurações de escolas novas em várias comunidades. “É algo extremamente importante para a qualidade do ensino no campo, novos espaços para um novo momento na educação”, destacou.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Paulo Sérgio dos Santos 

ACESSIBILIDADE