Gestão: Prefeitura elabora projeto para facilitar localização de endereços da Nova Marabá

Os 15 bairros ganharão nomes de frutas regionais e as 444 ruas serão localizadas por nomes de aves da América do Sul.

O Projeto do Executivo Municipal encaminhado à Câmara de vereadores, na semana passada, dia 4 de agosto, prevê a mudança na identificação de endereços, excluindo as folhas, quadras e lotes, que existem atualmente, por nomes de bairros e ruas.

Nesta quinta-feira (07), parlamentares que integram a comissão de desenvolvimento urbano, obras, serviços públicos e transportes da câmara de vereadores, reuniram-se com representantes da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração e Tecnologia para acompanhar a apresentação na íntegra do projeto, apresentado pelo secretário Ricardo Pugliese.

Segundo o Projeto de Lei encaminhado ao poder legislativo, os antigos endereços da Nova Marabá irão desaparecer e surgirão bairros com nomes de frutas regionais, totalizando 15 bairros. As ruas serão localizadas por nomes de aves da América do Sul, e as casas identificadas pelos números respectivamente, totalizando 444 ruas.

“Há dois anos começamos a levantar as dificuldades das empresas e de outros em localizar os endereços. A Nova Marabá é um grande núcleo e não um bairro então fizemos a medição e deu 15 quilômetros quadrados  e configuramos em 15 bairros, pensamos então em renomear os bairros com nome de frutas e as ruas com nomes de aves para facilitar a localização dos imóveis”, explicou Ricardo Pugliese, secretário de Industria, Comércio e Mineração.

Secretário Ricardo Pugliese apresentou projeto à comissão da Câmara

Ainda de acordo com Pugliese, todas as ruas deverão ser identificadas por placas, num total de 957 placas, que estarão constando o nome da rua, a imagem da ave e o CEP (Código de Endereçamento Postal).

O presidente da comissão de desenvolvimento urbano da Câmara, vereador Nonato Dourado, explica que após passar pelo parecer jurídico da casa de leis, o projeto segue para comissão de constituição e justiça e após parecer favorável é encaminhado à comissão de administração, em seguida retorna para a comissão de desenvolvimento urbano e segue para votação em sessão.

“A nova Marabá que foi formada há mais de 40 anos com folhas e quadras cresceu de forma desordenada e dificultou a localização de endereço, então o projeto mapeou todas as áreas e fez uma junção de folhas elaborando um novo mapa. Hoje temos em media 33 folhas que estarão se transformando em bairros”, disse vereador Nonato Dourado.

Vereador Nonato Dourado presidente da comissão de desenvolvimento urbano da Câmara,

O projeto, de acordo com Ricardo Pugliese, recebeu o apoio de órgãos e entidades que representam vários setores da sociedade em geral, tais como; a Polícia Militar, Polícia Civil, Justiça Federal, Correios, Acim, Sindhotel, Conjovem, entre outros.

“Todos os órgãos e entidades demonstraram apoio por escrito ao projeto, e nós não vamos mudar nome de ruas, até porque não havia nome de ruas, estamos com uma possibilidade de reduzir as dificuldades de todos, incluindo a população, para identificar os endereços com mais facilidade”, explicou.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Aline Nascimento/ Raion Santos e Victor Haôr

Acessibilidade