Gestão: Vila São José recebe creche, quadra poliesportiva e escola totalmente reformada

A rotina escolar de cerca de 600 crianças e adolescentes, da Vila São José, localizada no KM 08, sentido Itupiranga, mudou para melhor desde essa segunda-feira (30). A Prefeitura entregou para a comunidade na sexta-feira, (27), o Núcleo de Educação Infantil Daniel da Silva Franco, com capacidade para atender 224 crianças em horários regulares, matutino e vespertino e também foi inaugurada uma quadra esportiva coberta com vestiários para a prática de Educação Física dos alunos. Além disso, o ensino fundamental ganhou qualidade com a reforma da Escola São José.

O prefeito Tião Miranda lembra que a Escola São José foi construída em 2005 e necessitava de reparos, bem como a ampliação da capacidade de atendimento para a comunidade. Além do seu público alvo, alunos do 1º ao 9º ano, a escola atendia a Educação Infantil, no horário intermediário, e a Educação de Jovens e Adultos (EJA), durante a noite. Com a entrega da reforma da escola e a construção do NEI, a prefeitura possibilita aos alunos mais espaço e qualidade na Educação Básica. “É uma área belíssima e, é uma satisfação muito grande. Sempre digo que a obra que mais gosto de inaugurar é uma escola porque a escola transforma a vida das pessoas para uma vida melhor. Quando inauguramos uma escola, imaginamos as gerações que passaram por ela”, destacou o prefeito.

Maria Debla da Silva, diretora da escola há sete anos, conta que a reforma deu uma nova cara para a unidade escolar. “A reforma contribuiu muito, primeiro porque tinha o horário intermediário que era muito cansativo, eram quatro turmas. Era uma reforma tão sonhada por nós e pela comunidade, assim como a quadra. Ganhamos uma sala de leitura nova, mobília e um bebedouro”, comemorou.

O NEI Daniel Franco foi implantado já atendendo a 120 crianças de 3 a 5 anos, com turmas de maternal e jardim I e II. Uma lista de reserva foi iniciada para ampliar a oferta em 2020. O Núcleo faz parte do Programa Proinfância do tipo convencional B. Além das salas de aula, a creche possui outros espaços como sala multifuncional e playground. Tudo adequado ao público infantil, inclusive, os banheiros. “Estamos radiante, é uma espaço maravilhoso que vai atender as necessidades das crianças, é um espaço especialmente pra elas. É tudo muito encantador, elas vinham visitar a escola e perguntavam quando iria começar as aulas, aquela euforia pra vir pra escola”, observou a diretor do NEI.

A Graziele de Oliveira estava feliz com o novo espaço escolar, onde a filha Ana Raíres de 03 anos, está estudando. A maior preocupação dela era ver a filha menor misturada às crianças maiores. “É ótimo porque na outra ela se misturava com crianças maiores e eu tinha medo dela se machucar, e aqui é padrão com crianças da idade dela”, enfatizou.

A filha da Gisele está no último ano da Educação Infantil, no Jardim II, mas vai dar tempo de desfrutar do novo espaço. Para ela será um alivio o novo horário de estudo da filha, que antes era entre 11h30 e 15h, agora será das 13 às 17h30. “Vai melhorar em tudo. Nas salas que são mais arejadas. Tem espaço pra brincar, lugarzinho para dormir e o horário também que é melhor para gente, por causa do serviço, dar tempo pra levar e buscar sem atrapalhar o trabalho” ressaltou.

De acordo com a secretária de educação, Marilza Leite, com a entrega dos três equipamentos públicos, a comunidade da Vila São José recebe na verdade um complexo. “O Núcleo Infantil desafoga a escola e é um sonho de espaço para qualquer criança. Temos depoimentos de algumas crianças que, quando interpeladas, dizem que gostariam de ficar o dia todo porque é um ambiente preparado para a criança. E a quadra poliesportiva vem resolver o problema da Vila São José que, com pouco entretenimento, será um espaço bem utilizado”, afirma a secretária.

O NEI recebeu o nome de um dos maiores empresários de Marabá, falecido em 2012, vítima de infarto. Para Daniel Franco Filho, a homenagem feita ao pai foi recebida com muita alegria, por toda a família principalmente porque Franco valorizava a educação e sempre contribuiu com o vilarejo. “É uma satisfação muito grande receber essa homenagem em algo tão ligado à história do meu pai, que sempre foi preocupado com a educação. Sempre cobrou de todos os prefeitos melhorias para essa região, sempre ajudou o quanto pôde. Mas também fazia, colocava ônibus, ar-condicionado, ele tinha essa ligação especial. É um prazer muito grande ver esse espaço tão bonito que a prefeitura construiu sendo entregue para a população hoje”, destacou Daniel Filho.

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Paulo Sérgio dos Santos e Jordão Nunes 

ACESSIBILIDADE
X