GMM: Guarda Municipal lança fantoches para apoio em ações educativas em escolas do município

O fantoches serão utilizados em palestras sobre temas como drogas, bullyng, gravidez na adolescência, dentre outros, apresentados de forma lúdica aos alunos, no próximo ano.

Os bonecos Juninho, Inspetor Miguel e Guarda Luna são os fantoches que a partir de 2021 serão os mensageiros da Guarda Municipal de Marabá nas palestras a serem realizadas em escolas do município. A ideia é que os temas como drogas, bullyng, gravidez na adolescência, dentre outros, sejam apresentados de forma lúdica, com mais leveza e eficiência aos alunos. Três guardas municipais foram capacitados para trabalhar com a apresentação dos bonecos nas ações educativas do Grupamento Ronda Escolar, que é formado por 10 GM. O lançamento do teatro em fantoches aconteceu na sexta-feira, (10), no auditório do Cine Marrocos.

As primeiras crianças a conhecerem o trio foram os alunos de música da Escola Municipal Cristo Rei que além de executarem os hinos nacional e do município na solenidade, também puderam ver em primeira mão, os novos integrantes da GMM. A flautista Maria Eduarda Almeida, 12, ficou encantada.

“Uma apresentação muito legal! Isso é muito importante para nosso aprendizado e que nós possamos nos inspirar neles para aprendermos a respeitar mais, ajudar a preservar a nossa cidade. Eu gostei mais da Guarda Luna”, disse a estudante que já simpatizou com um dos bonecos.

Para Gleide Borges Hartuique, diretora da escola Cristo Rei, o projeto é fantástico e causa grandes expectativas. A Cristo Rei será a primeira a receber a visita dos fantoches. É que a escola e a GMM já têm uma parceria antiga que vem dando certo, o projeto Ordem Unida.

“Nós conseguimos detectar nessa introdução, o contentamento dos alunos. Eles estão super felizes, amaram. E falar de temas tão sérios através do lúdico, é muito legal. Isso incute na criança esse contentamento. Já pensou falar de coisa séria de maneira mais alegre? Isso é bom demais para criança, para ao adolescente”, destaca a diretora.

A inspetora Andreia Melo, coordenadora do grupamento, explica que os fantoches fazem parte do Projeto “Aprender com a Guarda Municipal é legal”, concedido através da Emenda Impositiva 06.542.0104/ 2239, do vereador Miguelito.

“O objetivo é tornar as palestras mais atrativas. Esperamos que essa pandemia acabe e a gente possa executar de fato as palestras nas escolas públicas de Marabá. Vamos trabalhar vários temas como violências contra os animais, violência doméstica, drogas são abordar assuntos de acordo com a realidade local”, ressalta a inspetora.

Fantoches

A aparência dos fantoches também já leva uma mensagem importante aos estudantes, que dispensa textos. Dois deles têm a pele negra reforçando a luta contra o preconceito e fortalecendo os laços de amizade, igualdade.

Com 8 anos de farda, o Guarda Erivan Vidal dá vida ao Inspetor Miguel. Pele negra, cabelos amendoados, olhos grandes, intelectual, calmo, muito ético, não perde a esportiva, apesar de dar muita bronca na turma, o boneco é um verdadeiro paizão.

“Através dessas palestras trabalhamos com a prevenção. Quando começarmos esse trabalho com a parte lúdica nós teremos algo mais atrativo para prender a atenção e de forma inovadora passar temas tão complexos relacionados à segurança pública. As crianças têm suas famílias, estão inseridas no social, o qual tem vários problemas inerentes à sociedade”, enfatiza o guarda.

A guarda Alessandra Chaves interpreta a guarda Luna. A boneca de pele branca, loira de cabelos lisos com franja, olhos grandes na cor verde, é muito alegre, positiva, autêntica, e transmite fé e perseverança. Fala e pensa rápido. Tem como objetivo ressaltar como seria o mundo sem preconceitos e machismo.

“É muito gratificante participar de um projeto desses e ao mesmo tempo é muita responsabilidade ter de trabalhar com crianças onde você tem de levar informações tendo de conscientiza-las de certos assuntos. E a expectativa é que o projeto ganhe força e que a gente obtenha bons resultados” enfatiza a guarda que trabalha há 8 anos na GM.

Já o menino Juninho, ganha vida nas mãos e voz da guarda Araújo. O boneco de pele negra usa óculos de grau, tem cabelos crespos, e é dotado de muita sabedoria e inteligência. Ele representa o estudante, inteligente, ativo, cuidadoso, educado, respeitador, sempre atento às irregularidades. Representa o combate a qualquer tipo de preconceito e discriminação. É um exemplo para os amigos de classe, que incentiva todos a um futuro promissor.

Solenidade

A solenidade de lançamento do teatro de fantoches também serviu para certificar alunos do curso de capacitação, instrutores e demais envolvidos no projeto. Estiveram presentes um representante da Policia Militar, o poeta Adão Almeida, além de estudantes, professores, e de guardas municipais.

Representando a superintendência da GMM, o inspetor Leão, coordenador do projeto Ordem Unida, na escola Cristo Rei, observa que os fantoches vão fortalecer as ações que já vinham ocorrendo nas escolas municipais e tem até novos planos para eles.

“É importante essa interação com as crianças e já estou até pensando em colocar essas crianças para manipular os fantoches”, pondera o inspetor.

Quanto à Wender Moraes, secretário adjunto da Secretaria de Segurança Institucional, isso é parte dos investimentos da Prefeitura em segurança pública.

“O projeto vem para somar com a prevenção, quanto a conscientização do público pré-adolescente, das crianças, jovens de Marabá, na restauração, no resgate, na redução dos índices de violência. Essa parceria com as escolas de Marabá é fundamental para que a guarda municipal possa atuar no projeto Ronda Escolar com diversas atividades para levar mensagens de comportamento, respeito, cidadania para que a cidade se torne cada vez melhor”, conclui o secretário adjunto.

Veja mais fotos:

Texto: Leydiane Silva
Fotos: Aline Nascimento