Infraestrutura: SSAM, Sevop e Postura realizam serviços para evitar alagamentos

(22 de fevereiro de 2021)

Durante todo o dia desta sexta-feira (19), as equipes do Serviço de Saneamento Ambiental, em conjunto com o Código de Postura de Marabá e a Sevop, trabalharam na abertura de canais para o escoamento das águas pluviais em diversos bairros da cidade.

Na Folha 33, Nova Marabá, uma retroescavadeira abriu um novo caminho para a passagem da água, já que o canal, passagem natural de escoamento, foi bloqueado devido a uma construção de residência ser erguida interrompendo o fluxo da água prejudicando dezenas de famílias no bairro.

“O problema de sempre é que infelizmente as pessoas constroem em cima das galerias, isso é um fato. O principal problema é esse. Se as pessoas entenderem que as galerias são públicas e é um curso natural da água que não é propriedade de ninguém e sim do município e evitassem as construções sobre as galerias não haveria problema de alagamentos, então a água fica represada e o resultado é esse aí sempre vai haver alagamentos. Antes de construir deve procurar orientação técnica na Secretaria de Obras”, afirmou Túlio Rosemiro, coordenador de Postura de Marabá.

Túlio Rosemiro

As máquinas abriram novos canais nas vias onde houve registro de alagamentos na Folha 33. Posteriormente serão usadas manilhas com maior diâmetro que suporte o fluxo da água neste período de intensas chuvas.

“Vamos abrir nesta grota um canal e colocar dois tubos em linha dupla que vai desafogar esta água na Folha 33. Será feito este canal e mais dois nas outras ruas também com linha dupla de manilhas. Serão três pontos de drenagem e o objetivo é melhorar o fluxo da grota”, explicou o engenheiro Kevin Simpson.

Engenheiro Kevin Simpson

As ações também aconteceram em outros pontos da cidade como na Folha 15 e 16, bairro São Miguel da Conquista e Liberdade. O objetivo é evitar futuros alagamentos nestes bairros.

Os serviços realizados agradaram o morador da Folha 33, seu Raimundo Silva. Ele conta que orientou o vizinho durante a construção da residência sobre a galeria, mas não foi ouvido.

“Eu avisei a ele que isso iria trazer problemas para todo mundo, mas ele não deu ouvidos e o resultado está aí. Mas com esses serviços acredito que não vai mais acontecer alagamentos em nossas ruas”, disse seu Raimundo.

Mais fotos:

Texto: Victor Haôr
Fotos: Paulo Sérgio

Imagens aéreas: Sérgio Barros