Janeiro Branco: Ações do Caps III contemplaram 13 Unidades Básicas de Saúde

(3 de fevereiro de 2021)
O janeiro Branco é uma campanha brasileira iniciada em 2014 que busca chamar a atenção para o tema da saúde mental
Com os temas de prevenção e promoção de saúde mental, sobretudo em tempos de pandemia, a equipe do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS III Castanheira desenvolveu atividades da Campanha Janeiro Branco, mês da saúde mental, no cronograma do Ministério da Saúde, para profissionais de saúde de 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS), na zona urbana de Marabá e ainda no Hospital Regional do Sudeste do Pará “Geraldo Veloso”.
A gerente do Caps III Castanheira, Taliana Morgana da Silva Lobo, lembra que a população brasileira tem sido cada vez mais acometida por problemas de saúde mental, mas a tendência também se mostra global. “Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o segundo com maior número de depressivos nas Américas, com 5,8% da população, ficando atrás somente dos Estados Unidos, com 5,9% de depressivos. A doença afeta 4,4% da população mundial. O Brasil também é o país com maior prevalência de ansiedade no mundo, com 9,3%”, ressaltou Taliana Morgana.
O janeiro Branco é uma campanha brasileira iniciada em 2014 que busca chamar a atenção para o tema da saúde mental na vida das pessoas. O mês de janeiro foi escolhido porque é neste mês que as pessoas estão mais focadas em resoluções e metas para o ano. A campanha foi criada por psicólogos de Uberlândia, Minas Gerais, e busca incentivar as pessoas a mudarem suas vidas e buscarem o que as fazem felizes.

Conforme o psicólogo do Caps III, Lucas Scoot Walfredo Ranieri, estar mentalmente saudável, segundo a OMS é o estado de bem-estar no qual uma pessoa consegue desempenhar suas habilidades, lidar com as inquietudes da vida, é capaz de trabalhar de forma produtiva e contribuir para a sua comunidade.

“Um indivíduo mentalmente saudável compreende que não existe a perfeição e que todos os seres humanos possuem limites. Também compreende que a vida real é regada de diversas emoções, como por exemplo: alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração. Além disso, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida”, detalha o psicólogo, complementando que, a Saúde Mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e como lida com os seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

A cor branca evidenciada na campanha representa um quadro ou página em branco. “Significa o papel em branco, no qual escreveremos ou desenharemos uma nova história da saúde mental, sem os tabus e preconceitos que a cercam. Um novo começo. Dessa forma buscamos trazer uma experiência prática de saúde mental e aplicamos nas UBS’s essa experiência de profundidade através da meditação, para trabalharmos aspectos de disciplina mental”, salientou Lucas Scott.

Serviço: Centro de Atenção Psicossocial – (Caps III) – é um serviço público de saúde que atende pessoas a partir de 18 anos que apresentem sofrimento psíquico intenso decorrente de transtornos mentais graves e persistentes. Funciona 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados. O Caps é também um serviço especializado de saúde mental inserido na comunidade e que funciona de portas abertas, ou seja, não é necessário encaminhamento para ser acolhido.

Endereço: Folha 31 Quadra Especial Lote especial – Nova Marabá, Marabá – PA, 68507-530.

Texto: Emilly Coelho
Fotos: Divulgação