Janeiro Branco: CAPS III promove ação de Saúde Mental para servidores do CIAM

Como parte da programação do Janeiro Branco (mês de conscientizar a população sobre os cuidados com a Saúde Mental), o Centro de Atenção Psicossocial- CAPS III, promoveu em parceria com o CIAM (Centro de Internação de Adolescente Masculino) – equipe de enfermagem, unidade Marabá, na manhã desta quarta-feira (29), no Auditório da Estação Cidadania no Shopping Pátio Marabá, palestra para 70 servidores do CIAM. O evento teve como tema central: “Saúde Mental. Cuidando do cuidador”.

O médico da Saúde Mental do Caps III, Charles Rooselvelt Almeida, conta que desta feita, a proposta do Janeiro Branco para os servidores do CIAM é cuidar do cuidador, uma vez que, compreendem que quando as pessoas estão em estado de cuidado dos outros passam por uma série de estresse e de problemas, logo acabam adoecendo. “Como conseguimos trabalhar o autocuidado em espaços diversificados e as vezes com violência simbólica e as vezes até física? Este foi um dos temas tratados na palestra”, ressalta o médico da Saúde Mental, que avalia como proveitoso o evento.

Médico da Saúde Mental do Caps III, Charles Rooselvelt Almeida

Charles Rooselvelt abordou durante a palestra a liberdade, o ato de se sentir livre, pois a liberdade também perpassa pela responsabilidade. Também durante a palestra foi trabalhado técnicas de autocuidado. “Como eu posso me reconhecer? Através desse autoconhecimento produzir o meu próprio cuidado e autonomia. O servidor muitas vezes não se considera doente, pelo contrário, se considera acima das doenças por ser cuidador, jamais as pessoas querem se colocar na posição de pessoas vulneráveis”, detalha o médico.

O Janeiro Branco do CAPS III esteve presente em outras instituições como na Escola “O Pequeno Príncipe”, CIAM, e no próximo dia 31 haverá o Encontro de Líderes Religiosos, no próprio CAPS. “A ideia é expandir a promoção da saúde mental. Ela não é algo que vem de cima para baixo, e sim é feita em conjunto e consigo. É isso que estamos discutindo”, conclui ele.

Amauri Costa aprovou a palestra que incentiva cuidados com a saúde mental

O psicólogo Diego Rodrigues Vieira do CAPS III, discorreu sobre os fluxos de adoecimentos no ambiente do trabalho. O evento também contou com a participação da artesã Eliete da Conceição Souza que falou sobre Saúde Mental e Arte Terapia. Um menor socioeducador de destaque no CIAM realizou uma apresentação de declamação da poesia “O menino da peneira”, de Manoel de Barros.

Amauri Costa, coordenador-geral do CIAM, foi um dos 70 servidores que participou do evento. Para ele, a palestra foi de suma importância. “Nós trabalhadores do CIAM que trabalhamos no dia a dia de frente com adolescentes recebemos muita pressão psicológica e por isso necessitamos de cuidados com a mente. Essa pressão nos afeta diretamente, muitos servidores chegam a não querer retomar ao trabalho no dia seguinte. Essa palestra nos ajuda a refletir e melhorar nossa saúde mental”, opina Amauri Costa.

Pedro Paulo de Almeida, gestor interino do CIAM

Pedro Paulo de Almeida, gestor interino do CIAM, destaca que a Fasepa (Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará), por meio da Diretoria Técnica tem um compromisso com as pessoas que estão dentro da Unidade CIAM/ Marabá. “A nossa preocupação não é atender apenas o adolescente que está com medida socioeducativa de internação ou de provisória, mas a preocupação é com o servidor que dentro da unidade tem situação adversa de pressão interna e externa. Essa pressão reflete na vida do servidor e para garantir a saúde mental do servidor é necessário o reconhecimento do ser humano que está no dia a dia conosco”, declara ele frisando a importância de trazer eventos para cuidados com a saúde mental do cuidador.

Texto: Emilly Coelho
Fotos: Paulo Sérgio Silva

Acessibilidade