Janeiro Branco: CAPS realiza “terapia coletiva” com yoga para os cuidadores

No dia 31 de janeiro, no encerramento do Janeiro Branco no CAPS, está previsto uma reunião com lideres espirituais e comunitários

Os profissionais da rede de saúde do município envolvidos no cuidado de saúde mental, participaram de uma “terapia coletiva” com aula de yoga no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). O ato ocorreu na sexta-feira (24) e é uma das varias ações realizadas pelo CAPS , em referência ao Janeiro Branco, mês de prevenção à saúde mental.

Cerca de 20 profissionais participaram da aula, denominada “Cuidando dos Cuidadores”, que visa buscar o equilíbrio físico, mental e espiritual para uma melhor relação com os pacientes. “Hoje realizei um trabalho completo da prática de yoga, para ter melhor relaxamento. Yoga trás esses benefícios, do autoconhecimento deles. Fiz prática de relaxamento, respiração e físico para ter um autoconhecimento dos pés a cabeça. Yoga nos trás isso, pessoas mais saudáveis e mentalmente equilibradas para o futuro melhor” contou a instrutora de yoga, Patrícia Pugliese.

A médica psiquiátrica do CAPS, Emilia Gehard, foi uma das participantes e agradeceu a iniciativa. “Acho que é importantíssimo esse cuidado com a gente, nós que somos profissionais de saúde, cuidamos das pessoas, também precisamos de um momento de cuidado com nossa saúde mental e física. Foi fantástico e relaxa muito de toda tensão e correria, podendo interiorizar nosso pensamento”, comenta.

No dia 31 de janeiro, no encerramento do Janeiro Branco no CAPS, está previsto uma reunião com lideres espirituais e comunitários. “Daimistas, evangélicos, católicos, espiritas, umbandistas, candomblecistas, kardecistas, todos são bem-vindos. Os líderes comunitários e toda sociedade civil que quiser participar também está convidada”, convida o médico de saúde mental, Charles Roosevelt, explicando que a ideia de reunião é promover uma melhora na saúde mental coletiva, através de ações que a própria comunidade possa executar coletivamente e individualmente.

Janeiro Branco

A campanha Janeiro Branco faz parte do cronograma do Ministério da Saúde, que aborda temas diferentes para serem discutidos em cada mês, visando à melhora da saúde coletiva. “Diferente dos outros meses, como Outubro Rosa, Setembro Amarelo, Novembro Azul, o Janeiro Branco não é focado na doença, como tuberculose ou câncer, é focado na promoção da saúde mental, que normalmente não é valorizada pelo cidadão”, sublinha Charles Roosevelt.

A saúde mental refere-se às formas como a pessoa se relaciona com os outros e consigo mesmo. Por isso, o foco do CAPS esse ano será promover ações na comunidade. “Atividades que as pessoas saiam dos seus núcleos individuais e consigam trabalhar e se divertir em conjunto pelo bem da sua comunidade. Na nossa sociedade a competição é um dos principais fatores de doença mental. Cooperar e não competir é uma forma de cuidar da saúde mental”, conclui.

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Paulo Sérgio

Acessibilidade