Meio Ambiente: Blitz Educativa busca conscientizar população sobre risco das queimadas

No dia 29 de setembro acontece o 2º Passeio Ciclístico Ecológico de Marabá. As inscrições devem ser feitas na Semma até dia 25

O Departamento de Educação Ambiental (DEA) da Secretaria do Meio Ambiente (Semma) realizou neste sábado (14) de manhã uma Blitz Educativa para alertar sobre o risco das queimadas. A ação ocorreu no semáforo da Folha 33, na marginal da rodovia Transamazônica.

Foi realizada distribuição de panfletos informativos, adesivagem nos carros e conversa com motoristas e pedestres sobre as consequências da prática de queimadas na zona urbana, criminalmente e para o meio ambiente. Quatro agentes do Departamento Municipal de Trânsito (DMTU) deram suporte à ação.

A coordenadora do DEA, Socorro Medeiros, destaca que a Folha 33 foi escolhida por ser um dos locais aonde há mais focos de queimada nesse período. “Fazemos um apelo à população. É preciso se conscientizar. Junte seu lixo, a Prefeitura está recolhendo todo dia, não tem por que tacar fogo. Você prejudica o meio ambiente e pode se prejudicar, há multas e até cadeia para quem iniciar uma queimada”, comenta.

Socorro Medeiros, coordenadora do DEA

Anteriormente já haviam sido realizadas duas blitz, a primeira no Bairro Liberdade e a segunda na entrada da Velha Marabá. Para o mês ainda estão previstos mais duas. Dia 21 a blitz ocorrerá na Cidade Nova, no semáforo em frente à Câmara dos Vereadores. A última blitz ocorrerá no dia 28, na Nova Marabá, ainda sem local definido.

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comam) e o Instituto Nacional de Defesa Ecológica e Vigilância Ambiental (Indeva) também participaram da iniciativa. “Temos nessa época do ano uma enorme quantidade de gente que lota os hospitais por problemas respiratórios por causa dessas queimadas.  Por isso é importante o conselho e todas entidades ambientais se posicionarem e participarem de ações como essa”, destaca José Augusto, conselheiro do Comam.

A Prefeitura também tem realizado caminhadas nas escolas para conscientizar alunos e a comunidade. A última ocorreu no dia 12, com os alunos da Escola José Flávio, no Bairro Araguaia. Os alunos também participaram de uma trilha no Jardim Zoobotânico. Outras escolas também já realizaram as ações.

Nesta segunda, também foi realizada aulas do Projeto Sala Verde, na Escola Irmã Teodora, que visa estimular a discussão crítica, a organização e o pacto social buscando desenvolver uma sociedade mais justa e ambientalmente equilibrada. As aulas ocorrem em parceria com o Instituto Chico Mendes.

Caminhada ecológica no Bairro Araguaia

Passeio Ciclístico

Também está sendo organizado para o dia 29 de setembro, o 2º Passeio Ciclístico Ecológico de Marabá. As inscrições devem ser feitas na Semma ou nas lojas Borimbora Bike Shop, de 9 a 25 de setembro. Para se inscrever é necessária a doação de 2kg de alimento ou 1 brinquedo, que serão doados para comunidades carentes.  O passeio terá o percurso de 8 Km, saindo da Praça do Novo Horizonte e indo até a Praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira. Os 150 primeiros inscritos ganharão uma camiseta do evento.

 

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Paulo Sérgio

ACESSIBILIDADE
X