Meio Ambiente: Semma fará licenciamento do novo aterro sanitário

Processo dá mais celeridade à demanda, que é urgente no município

Um termo de delegação de competência foi assinado na última sexta-feira (14), transferindo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para o município, o licenciamento do novo aterro sanitário de Marabá. O atual está saturado e necessitando de um novo local para despejo dos resíduos sólidos de todo município.

De acordo com Rubens Sampaio, secretário municipal de Meio Ambiente, a assinatura foi de suma importância, uma vez que, proporciona celeridade ao processo de licenciamento do novo aterro sanitário, pois antes, a competência era estritamente do estado.

“Quando cai na rotina do estado qualquer licenciamento que qualquer empresa ou prefeitura precise, tende a demorar, pois são milhares de processos na rotina estadual. Já com o município licenciando, nós focamos nessa questão e priorizamos o licenciamento, portanto a celeridade será maior”, explica Rubens Sampaio.

Secretário da Semma Rubens Sampaio

O próximo passo agora é a Semma receber o pedido de licenciamento para analisar. O pedido será feito pelo Serviço de Saneamento Ambiental de Marabá (SSAM). O local para o novo aterro já existe e foi vistoriado pela Sema. “O técnico do estado que vistoriou aprovou a localização e elogiou o local, e considerou um dos melhores que ele já viu”, enalteceu.

Estima-se que antes do final do ano esteja tudo regularizado para o funcionamento do novo aterro sanitário. Atualmente o sistema próprio para a deposição e destruição de resíduos sólidos na cidade é localizado próximo à Estação Ferroviária de Marabá.

Texto: Emilly Coelho
Foto: Paulo Sérgio

Acessibilidade