Mês da mulher: “A mulher está cada vez mais empoderada”, disse presidente do IPASEMAR.

 Cada vez mais empoderada, agrega valores, sobe degraus pessoais e profissionais, mostrando o quão importante e amplo é o nosso papel na sociedade 

A jovem Priscilla Lobato Santos mostra que com dinamismo e garra, além de enfrentar preconceitos, a mulher consegue na administração pública quebrar tabus com empatia, sensibilidade e comprometimento.  Desde 2008, ano que foi nomeada para exercer a função de secretária executiva no Ipasemar (Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Marabá), ela tem galgado caminhos de sucesso, sendo atualmente presidente da autarquia.

Além de atuar no mercado de trabalho, Priscilla é mãe e esposa, e exerce paralelamente a função de secretária executiva da Assippa – Associação das Instituições de Previdência do Estado do Pará e Amapá. Como presidente do Ipasemar, ela e a equipe do instituto, administra a contribuição de 6.671 servidores ativos, aposentadoria de 607 inativos e 210 pensionistas. O fundo de previdência, que também é gerido pelo instituto, possui hoje um recurso total no valor de R$ 454.769.828,29.

“Para fazer essa gestão conto com uma equipe de 14 servidores, entre eles, efetivos, cedidos, comissionados e estagiários. Além dos membros dos conselhos de administração e conselho fiscal, ressaltando a importância e relevância do papel de cada um. Fazer gestão previdenciária é complexo, pois além de números precisamos pensar e ter em mente que estamos lidando com vidas.  Sem essa equipe, eu não conseguiria fazer essa gestão sozinha”, explica Priscila.

MULHER

Questões de labutas diárias à parte, a trajetória de Priscilla Lobato dentro da autarquia revela que a cada dia a mulher ocupa ainda mais o seu espaço. “Cada vez mais empoderada, agrega valores, sobe degraus pessoais e profissionais, mostrando o quão importante e amplo é o nosso papel na sociedade”, destacou, lembrando que as mulheres têm o dom de dividir o tempo com o trabalho, família, sem abrir mão do lazer e do tempo com as pessoas que amam.

Ao longo dos anos, a servidora conseguiu ocupar espaço, ter visibilidade e crescer dentro do Ipasemar. “Agradeço aos que me deram a oportunidade de crescer e mostrar o meu trabalho”, finalizou.

Texto: Emily Coelho

 

 

 

ACESSIBILIDADE
X