Mês da Mulher: “Você tem de ter pulso e determinação”, diz coordenadora do Procon

Além de ser o mês da Mulher, março também é do consumidor, cujo dia é celebrado nesta sexta-feira (15). Em Marabá, o órgão municipal de proteção aos direitos do consumidor (Procon) é coordenador pela advogada Maria Zélia Lopes de Souza, que junto com a equipe, tem muito a comemorar. Em 2018, 1.882 atendimentos foram realizados no órgão, e com cerca de cinco audiências por dia. Somado a isso, o Procon ganhará uma nova casa para atender com mais conforto e agilidade os consumidores. O prédio, ao lado da atual sede, na Rua 5 de Abril, Marabá Pioneira, que passa por reformas, manterá a arquitetura histórica.

Zélia Souza afirma que tem o privilégio de defender os consumidores sendo coordenadora do Procon em Marabá. Sendo uma mulher que ocupa um cargo de responsabilidade no município, ela destaca o potencial que as mulheres têm. “A mulher é um ser magnífico, consegue conciliar casa, marido, amigos, lazer, e ainda tem a capacidade de trabalhar no computador e ouvir o filho por exemplo”, ressaltou ela que tem um dia-a-dia bem corrido.

Em relação a alguns preconceitos na sociedade em torno da mulher, Zélia argumenta que a cultura é difícil de mudar nesse sentido, mas a mulher vai ganhando espaço a cada dia. “O preconceito, eu sei que quando as minhas filhas chegarem na fase profissional também, ainda vai existir. Mas a gente empina o nariz, e toca o barco, você tem de ter pulso e determinação, você não pode olhar para trás, você tem de seguir, e com Jesus o barco flui”, lembrou.

Casada e mãe de duas filhas, com um sorriso nos lábios Zélia diz ter orgulho em defender o consumidor e estar à frente do Procon. “Às vezes eu me acho exigente, mas até para ser exigente tem de ter humildade, e o Senhor não tirou de mim esse princípio. Com humildade, a gente vence”, resumiu.

Texto: Emily Coelho

Fotos: Paulo Sérgio dos Santos

 

ACESSIBILIDADE
X