Obras: Escola da comunidade de Murumuru é totalmente reformada

A comunidade de Murumuru, zona rural de Marabá, ganhou uma nova escola completamente reformada, onde vão estudar seus 245 alunos dos ensinos infantil e fundamental e EJA – Educação de Jovens e Adultos. Trata-se da Escola Rui Barbosa, construída há mais de duas décadas e que há 12 anos não recebia qualquer serviço de infraestrutura.

A escola, localizada na entrada da vila, distante oito quilômetros de Morada Nova, e chama a atenção de quem chega devido o jardim bem cuidado pelos servidores. A área da escola é completamente arborizada, com um grande espaço para as recreação dos alunos.

A professora Wanneyde Silva Oliveira, que trabalha na escola há 20 anos, é a atual diretora, conta que enfrentou diversas dificuldades no antigo prédio. A história de vida da atual gestora é contada em parte pela vivência como educadora na Rui Barbosa.

“A reforma da escola Rui Barbosa é a realização de um sonho que a comunidade escolar tinha, nós sempre tivemos esse sonho e hoje essa reforma virou uma realidade. Hoje nós temos uma escola com uma estrutura boa, uma ótima pintura, piso, aqui tudo foi reformado e agradecemos muito a prefeitura de Marabá”, disse.

A diretora conta que nos últimos 12 anos a escola ficou esquecida e o prédio apresentava diversos problemas no telhado, na parte hidráulica, forro e as salas não ofereciam segurança para os alunos. Segundo a educadora, o espaço físico de uma escola faz parte do espaço pedagógico na realização dos projetos com as crianças.

“Antes da reforma tínhamos muitos problemas na estrutura física da escola e hoje melhorou bastante, nossos alunos demonstram estar felizes com o novo ambiente, e com certeza irá contribuir com a aprendizagem dos educandos, que podem contar com um espaço mais organizado, com uma sala mais atrativa. Para mim, enquanto gestora ajudou bastante na organização do trabalho. Então, as expectativas é que teremos grandes melhorias tanto pedagógicas quanto administrativas”, descreveu a diretora.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Paulo Sérgio 

Acessibilidade