Procon: Prédio novo quase pronto para a inauguração

Nesta terça-feira (10), teve início o serviço de instalação dos móveis no novo prédio do Procon na Marabá Pioneira. Todos os espaços receberão os móveis planejados para cada ambiente, como setor de atendimento ao público, administrativo, sala de reuniões e diretoria.
De acordo com a empresa responsável pela instalação dos novos móveis, o trabalho deve ser finalizado em um período de 15 a 20 dias. O novo prédio foi construído de dois pisos e está localizado na praça Duque de Caxias, onde funcionava a antiga delegacia de polícia.
De acordo com a engenheira Jakeline Galdino, da Secretaria de Obras, o prédio do Procon foi construído com 21 ambientes, com salas de atendimento forradas com placas de gesso e piso em porcelanato para melhor atender a população. Possui cinco banheiros, onde três destes são adaptados para PNE (portadores de necessidades especiais). “O prédio foi pensado para todos os públicos, para isso, foi construída uma plataforma elevatória PNE, para um cadeirante e um acompanhante”, explicou.
A diretora do Procon /Marabá, a advogada Zélia Lopes, acredita que o novo espaço atenderá com mais comodidade o usuário, pois os ambientes foram pensados para melhorar o atendimento e dar mais agilidade às demandas diárias.  “Esse prédio é um sonho para todos que trabalham com o direito do consumidor, além do mais é um espaço novo e prédio próprio que é um grande passo para o município”, disse.
Segundo a diretora, todos os móveis já estão sendo instalados em todos os ambientes e existe uma ansiedade para a inauguração que está prevista para acontecer no próximo dia 5 de abril dentro da programação do aniversário da cidade.
“Foram muitos anos de expectativa até chegar a essa gestão e termos a chance de estruturar um órgão de extrema importância, o Procon que presta um serviço ao consumidor, um serviço essencial ao público de Marabá. Estamos agora nos últimos detalhes e em breve inauguraremos o novo Procon”, afirmou Zélia Lopes.
Texto: Victor Haôr 
Fotos: Sérgio Barros 
Acessibilidade